Sandro Bettencourt
Sandro Bettencourt POR DETRÁS DA CÂMARA

Tudo nas mãos de Cristina Ferreira

Arrisco-me a dizer que, caso Cristina Ferreira continuasse de férias nas Caraíbas, iríamos assistir a um volte-face no que diz respeito às audiências, com estragos, cujas consequências, alguém conseguiu tirar o pulso.

Sic: Levanta-se e ri…

É sempre fácil aplaudir ou acarinhar um projeto, seja ele qual for, depois de o mesmo ter sucesso. Difícil é ter a coragem, tal como Daniel Oliveira, em apostar num programa que foi fechado a sete chaves no baú das memórias da estação de Paço de Arcos.

Não à violência

Alexandra Lencastre não é mais vítima pelo facto de ser famosa, mas o seu testemunho, bem como a ligação assumida à luta contra a violência, são poderosas armas de arremesso para ajudar a erradicar um verdadeiro problema.

Mentir não compensa

Luciana Abreu é a primeira a assegurar que não suporta rumores e maledicências sobre si. Mas ao omitir aquilo que é impossível esconder compra guerras cujas consequências são difíceis de medir.

Tinder na TV

O voyeurismo é uma característica endémica dos portugueses. Ninguém o reconhece à boca cheia, mas espreitar pelo buraco da fechadura já há muito que se transformou num maneirismo, numa espécie de escape para uma sociedade que vive acelerada e rendida ao imediatismo dos reality shows.

'Alguém Perdeu'

A história escrita pelo argumentista António Barreira já começou a ganhar vida e promete surpreender na forma e no conteúdo. O arranque oficial das gravações da trama que vai apaixonar os portugueses aconteceu há poucos dias e não podia ter melhor combustível do que o entusiasmo do elenco.

Bárbara, a guerreira

Entendo que a violência doméstica sofrida por Bárbara Guimarães é muito mais do que apenas um assunto da vida privada de uma figura pública. É um ato hediondo que deve ser denunciado, noticiado sem eufemismos ou pudores de qualquer espécie.

Tiro no pé

A aposta de Bruno Santos, o diretor de programas da TVI, em manter no ar até março o programa ‘Apanha Se Puderes’, conduzido por Cristina Ferreira, pode abrir uma ferida com consequências imprevisíveis para o universo de Queluz de Baixo.

Maria, a mal-amada

“Ela é muito calada”, ou “não tem a mesma energia da Cristina Ferreira” e ainda “para apresentadora é pouco empática”, têm sido algumas das farpas lançadas a um rosto que está no ar, na TVI, desde o dia 2 de janeiro de 2019.

Água na fervura

Alerto para o facto de que a guerra pelas manhãs ainda agora começou. E quando falamos de uma maratona está a parecer-me excessiva a forma como se exalta o feito de Cristina Ferreira ao mesmo tempo que já se fez o funeral a Manuel Luís Goucha e a Maria Cerqueira Gomes.

CMTV encanta brasileiros

Bruna Marquezine garante ter ficado marcada pela “receção e energia do povo português”. Da nossa parte, tão cedo não vamos esquecer a sua visita. É por existirem mulheres como ela que a vida pode mesmo ser cor-de-rosa. Aqui e nos antípodas.

Perdeu o futebol

É tempo de acabar com o “chico-espertismo” que intoxica e compromete a paixão pelo futebol. A liderança despótica de Bruno de Carvalho e respectivas consequências negativas não afetam apenas o Sporting. Com ele perdeu o futebol.

Newsletter

Subscrever Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável