Notícia

Nacional

Ex-pivô da SIC revela que ouviu o coração parar após ataque cardíaco: "Fez piiii e ouvi o médico a dar-me murros no peito"

Paulo Camacho garante que perdeu a visão mas que continuou a ouvir tudo o que se passava à sua volta quando o seu coração parou. Cristina Ferreira ficou surpreendida.
13 de fevereiro de 2020 às 08:51
Paulo Camacho revela novos pormenores sobre o ataque cardíaco que sofreu
Paulo Camacho
Paulo Camacho
Paulo Camacho
Paulo Camacho
Paulo Camacho
Paulo Camacho
Paulo Camacho
Paulo Camacho
Paulo Camacho
Paulo Camacho
Paulo Camacho
Paulo Camacho

Paulo Camacho foi um dos pivôs mais conhecidos da televisão portuguesa. Durante anos, deu a cara pelo jornal da hora do almoço da SIC. Foi ele que relatou em direto os atentados do 11 de setembro... Também é conhecido por ter feito reportagens em muitos cenários de guerra... mas ao fim de muitos anos a trabalhar em redações, cansou-se dessa vida e tornou-se consultor de comunicação.

Uma mudança de vida que aconteceu depois de ter sofrido um ataque cardíaco, em janeiro de 2006, onde diz ter ouvido o seu coração parar literalmente.

Paulo Camacho esteve no Programa da Cristina, esta terça-feira, e surpreendeu a apresentadora quando revelou esta experiência de quase morte. Ou morte. Tinha 46 anos.

"Um ano antes de deixar a SIC, tiveste um enfarte. Acreditas que foi um sinal, que tinhas de parar um bocadinho?", perguntou Cristina Ferreira.

"Fumava bastante e bebia 10 cafés por dia, portanto, explicação há", respondeu Paulo Camacho.

"Eu ouvi o meu coração parar, literalmente. Estava ligado aquelas máquinas que fazem pi pi pi e a certa altura fez piiii, portanto, ouvi-o parar. É uma coisa... perde-se a visão, deixei de ver, mas não deixei de ouvir. Até pensei: é um bocado cedo para morrer, mas pensei que já tinha feito tanta coisa e que os miúdos (os filhos) já estavam crescidos... Ouvi parar, mesmo. Não sou médico nem cientista, só posso falar da minha experiência: perdi a visão mas mantive a audição e a consciência. Depois ouvi o médico a dar-me murros no peito e a dizer que era bom sinal... Depois o coração com os murros no peito voltou a funcionar. Durante alguns segundos parou, fez piiii... mas isso não me fez mudar de vida, fez-me mudar de casa", recorda, sorrindo.

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!
Emma Silva Há 1 semana

GetMeets.com - um ótimo projeto para adultos que procuram um parceiro para sexo

Anónimo Há 1 semana

Que saudades de ouvir a voz de um grande jornalista. Felicidades e muitos mais anos de vida!

Mais Lidas

+ Lidas

Instagram

Instagram

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável

;