Notícia

Sofrimento

Magnata do ramo dos diamantes tem morte trágica quando fazia um aumento do órgão sexual

Ehud Arye Laniado, diretor da Omega Diamonds, era obcecado pelo tamanho do órgão sexual.
07 de março de 2019 às 18:24
Milionário do ramo dos diamantes morre em cirurgia de aumento órgão sexual
Ehud Arye Laniado
Ehud Arye Laniado
Ehud Arye Laniado
Ehud Arye Laniado
Ehud Arye Laniado
Ehud Arye Laniado
O comerciante de diamantes Ehud Arye Laniado, 65 anos de idade, morreu na semana passada enquanto passava por uma cirurgia plástica de aumento do órgão sexual.

O multi-milionário belga-israelense, um dos três diretores da Omega Diamonds, escolheu uma clínica privada na avenida Champs-Élysées, em Paris, para o procedimento, explica o 'New York Post'.

Enquanto os médicos faziam a cirurgia, Ehud sofreu um ataque cardíaco depois da injeção no órgão sexual de uma substância que não foi divulgada.

A causa de morte oficial são complicações durante a cirurgia

...
Ehud Arye Laniado
A imprensa belga fala ainda que Ehud sofria do complexo de Napoleão, ou seja, era obcecado pelo tamanho da sua masculinidade. O comerciante de diamantes "estava sempre concentrado na sua aparência e como os outros viam-no"

Ehud via a sua conta bancária "várias vezes ao dia" só para sentir-se melhor consigo mesmo. O empresário era conhecido como "um dos maiores especialistas na aavliação de diamantes". 

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!

Mais Lidas

+ Lidas

Instagram

Instagram

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável