Investigadores do caso Maddie Mccann defendem que as buscas continuem

Kate e Gerry McCann mostram a fotografia da filha e continuam a apelar a informações sobre o paradeiro da filha.

Maddie McCann desapareceu no dia 3 de maio de 2007. A menina e os irmãos foram deixados sozinhos, supostamente a dormir, no apartamento onde a família passava férias, no Algarve.

Kate e Gerry McCann

Os pais de Maddie pediram e foram recebidos no Vaticano pelo atual Papa emérito Bento XVI.

Os pais de Maddie em oração na Capelinha das Aparições, em Fátima.

O casal de médicos britânicos após mais uma ida à capela da Luz, fora das horas de serviço religioso.

Kate e Gerry McCann

Gerry e Kate McCann continuam a afiançar que nada sobre sobre o desaparecimento da filha. O pai de Kate revelou, à imprensa, que a filha drogava os netos com anti-histamínicos, para os adormecer.

O cardiologista e a anestesista nas ruas da Luz, pouco depois do desaparecimento de Maddie. O padre anglicano Heinz Abbot contou à revista FLASH! que os gémeos Sean e Amélie, nesta altura, ficavam na creche do Ocean Club.

Gerry e Kate McCann à saída do apartamento, num primeiro andar, onde ficaram algum tempo após o desaparecimento da filha e a interdição da casa onde tudo aconteceu.

Notícia