Saiba que mudanças vai ter na carteira em 2018

Os arianos têm um ano bastante protegido no dinheiro mas não podem cair em facilitismos ou demasiado seguros. Carneiro deve ponderar nos gastos, pois vai estar sujeito a lapsos, esquecimentos ou até negócios menos bons, por excesso de confiança. O ano é positivo mas é preciso que impere a racionalidade e não o impulso de gastar. Carta: O Carro. Elemento: Fogo.

Em 2018, os nativos deste signo terão um ano positivo do ponto de vista económico, embora com entradas oscilatórias e mesmo lentas. De facto, a evolução da vida económica poderá não ser tão rápida como Touro desejaria, ou proporcional ao esforço despendido, contudo será um ano de crescimento económico, mas também com grandes gastos. Carta: A Imperatriz. Elemento: Terra.

No campo económico e financeiro, os nativos deste signo vão perceber que nem tudo o que brilha é ouro. Com um ano muito protegido do ponto de vista profissional e mesmo geral, é preciso ter em conta que os investimentos têm que ser pagos e tem que haver amortizações. Portanto, todo o dinheiro que factura não é lucro. Carta: O Sol. Elemento: Ar.

O ano de 2018 é positivo, pelo que poderão fazer bons negócios e também serem pagos com a devida justiça. É um ano em que poderão fazer alguma reserva financeira, aforro ou investimentos, sendo recomendáveis, neste caso, os mais tradicionais: património, imobiliários e em sectores de atividade menos arriscados. Caranguejo, deslumbrado pelas oportunidades de 2018, pode não acautelar devidamente os seus interesses. Carta: A Estrela. Elemento: Água.

Este é um ano positivo para os negócios e vida financeira. Embora se possa exigir algum esforço no pagamento de algum dinheiro, ou de alguns créditos pendentes, na verdade é um ano em que Leão começa a sentir conforto financeiro. Ou seja, pode preocupar-se mais consigo e menos com os outros. Carta: A Justiça. Elemento: Fogo.

Embora os nativos deste signo tenham um ano protegido e positivo neste campo, vão passar por altos e baixos e alguma tensão no que respeita às entradas de dinheiro. Apesar de existir um crescimento económico, existirão situações em que os prazos acertados com Virgem não serão totalmente cumpridos. Carta: O Imperador. Elemento: Terra.

No setor financeiro, indicadores favoráveis. Apesar do ano não ser extraordinário no que respeita à parte profissional, desde que Balança não cometa imprudências ou se deixe influenciar negativamente, a estabilidade marca o percurso. Gastos familiares tendem a ocorrer, incluindo na área da saúde ou com investimentos, sobretudo com aplicações na vida dos filhos. Carta: O Dependurado. Elemento: Ar.

Em 2018 a conjuntura de Escorpião é positiva, pois conseguirá lidar bem com o dinheiro e saberá utilizá-lo e tirar partido dele nas ocasiões mais favoráveis. É um bom ano para negócios familiares, para gerir património familiar, chegar a acordos, sendo no entanto aconselhável que seja Escorpião a liderar os processos económicos. Carta: O Louco. Elemento: Água.

Os nativos deste signo têm um ano positivo no sector económico. É um ano em que Sagitário estará sob avaliação, pelo que os trabalhadores que dela dependam para a sua progressão económica têm que estar particularmente atentos às suas actuações porque a tendência global é para serem prejudicados. Por isso, Sagitário tem de se concentrar, não cometer erros e sairá vencedor em 2018. Carta: A Força. Elemento: Fogo.

O ano de 2018 revela-se problemático no que respeita a dinheiro. Estes nativos conseguirão fazer face às despesas, mas não podem dar passos maiores do que a perna ou contar com dinheiros que ainda não tenham sido recebidos. Apesar de um crescimento profissional, em questões de dinheiro terão de lidar com muito rigor e sem fantasias. Carta: A Papisa. Elemento: Terra.

É um ano muito limitado no que diz respeito a dinheiro, embora se possa estabelecer uma fronteira nítida entre o primeiro e o segundo semestre do ano. O primeiro é muito mais delicado, com dificuldade em obter retornos de capitais ou mesmo com atraso em pagamentos, mesmo no que respeita a salários regulares. Carta: O Eremita. Elemento: Ar.

Ano muito exigente no campo económico, uma vez que Peixes vai correr riscos, pode fazer mudanças profissionais e, portanto, o dinheiro terá também de ser gerido em função da conjuntura de cada nativo. De acordo com o lançamento de Tarot, embora seja um ano exigente e de luta, não vão faltar rendimentos a Peixes. Carta: A Morte. Elemento: Água.

Notícia