Tribunal quer ver Carrilho condenado pelo crime de violência doméstica

A guerra entre Bárbara Guimarães e Manuel Maria Carrilho afinal poderá ainda não ter acabado. O Ministério Público foi desenterrar a polémica decisão da juiza Joana Ferrer Antunes, ao absolver o ex-político do crime de violência doméstica contra a apresentadora da SIC.

Manuel Maria Carrilho

Manuel Maria Carrilho e a juíza Joana Ferrer

A pena de Manuel Maria Carrilho poderá ser revista se o Tribunal da Relação der razão aos argumentos da procuradora Nadine Xarope. O ex-político poderá ser condenado a um crime por violência doméstica.

A juíza Joana Ferrer Antunes que está a julgar o caso de violência doméstica que opõe Bárbara Guimarães a Manuel Maria Carrilho

Manuel Maria Carrilho

Manuel Maria Carrilho é acusado de violência doméstica. Ao contrário do que é costume, na sexta-feira, 14, não quis prestar declarações aos jornalistas.

O caso em que Bárbara Guimarães acusa o ex-marido, Manuel Carrilho, de agressão é um dos mais mediáticos no país.

Carrilho, no Campus de Justiça, em Lisboa

O ex-marido de Bárbara Guimarães é seguido por um psiquiatra que lhe controla "problemas de irritabilidade e auto-agressividade"

Por agora, Bárbara respira fundo, mas o seu inferno ainda não terminou

Manuel Maria Carrilho volta a sentar-se no banco dos réus, agora acusado de ter batido no pedopsiquiatra do filho Dinis.

Notícia