Notícia

Teatro

Em 'Ensaio para uma Cartografia' há resistência, coragem e superação

Joana de Verona, que encarna a personagem Bia na novela 'Ouro Verde', da TVI, é uma das 12 atrizes que dão forma a este espetáculo. As "bailarinas" vivem uma reconstrução de caminhos individuais e coletivos, artísticos e pessoais.
Por Sandro Arruda | Madalena Inverno | 23 de março de 2017 às 18:31
Em 'Ensaio para uma Cartografia' há resistência, coragem e superação
O elenco é composto por Joana de Verona, Ana Água, Carolina Varela, Cleo Tavares, Inês Vaz, Marta Félix, Míu Lapin, Mónica Calle, Mónica Garnel, Sílvia Barbeiro, Sofia Dinger e Sofia Vitória
O elenco é composto por Joana de Verona, Ana Água, Carolina Varela, Cleo Tavares, Inês Vaz, Marta Félix, Míu Lapin, Mónica Calle, Mónica Garnel, Sílvia Barbeiro, Sofia Dinger e Sofia Vitória
O elenco é composto por Joana de Verona, Ana Água, Carolina Varela, Cleo Tavares, Inês Vaz, Marta Félix, Míu Lapin, Mónica Calle, Mónica Garnel, Sílvia Barbeiro, Sofia Dinger e Sofia Vitória
Em 'Ensaio para uma Cartografia' há resistência, coragem e superação
Em 'Ensaio para uma Cartografia' há resistência, coragem e superação
Em 'Ensaio para uma Cartografia' há resistência, coragem e superação
Vagueando por mapas difusos, 12 personagens procuram um 'ikigai' - uma razão de ser. Estas dançam a partir dos ensaios de orquestra de grandes maestros e dos movimentos do 'ballet' clássico, sob percursos em que o individual se conjuga com o coletivo, de caráter artístico ou pessoal, mas sempre marcados pelo sentido da resistência, coragem e superação.

O que é, no sentido literal, o traçar de uma linha cartográfica entre Lisboa e, depois, outras regiões do País, acaba por incutir no espetador a necessidade de questionar as possibilidades de olhar um país através da perspetiva artística, fazendo, assim, um apelo a uma rede de cumplicidades com várias estruturas da criação.

'Ensaio Para Uma Cartografia' de um país – em cena na Sala Estúdio do Teatro Nacional D. Maria II, em Lisboa, a partir de quinta-feira, 23 – é um espetáculo construído por Mónica Calle (que também é responsável pela encenação, cenografia e desenho de luz), a partir dos textos 'Os Sete Pecados Mortais', de Bertolt Brecht, e 'A Boa Alma', de Luís Mário Lopes. A peça assenta nos corpos de um elenco feminino composto por Joana de Verona, Ana Água, Carolina Varela, Cleo Tavares, Inês Vaz, Marta Félix, Míu Lapin, Mónica Calle, Mónica Garnel, Sílvia Barbeiro, Sofia Dinger e Sofia Vitória.

Veja, na fotogaleria, imagens da peça de teatro que estreou no ano passado e que retorna, este ano, ao palco.

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!

Mais Lidas

+ Lidas

Instagram

Instagram

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável

;