Notícia

Nutrição

As 'marmitas' frasco mais saudáveis

A nutricionista Ana Ni Ribeiro explica-lhe passo a passo como fazer as suas 'marmitas' frasco, com alimentos saudáveis e ideais para um dia de trabalho.
04 de março de 2017 às 08:00
A carregar o vídeo ...

Comecei pelos pequenos-almoços, mas agora já me acompanham nas outras refeições. Antes de começar a enfrascar, é importante que conheça algumas dicas e informações. 

...
A nutricionista Ana Ni Ribeiro ensina-lhe a elaborar as 'marmitas' frasco mais saudáveis


Use sempre frascos de "boca larga", pois facilitam na preparação e também na hora de comer. O ideal é comprar de vários tamanhos: mais pequenos para o pequeno-almoço e tamanhos médios para as saladas. Os frascos de vidro em comparação com as caixas de plástico conservam melhor. Uma salada fica fresca durante mais tempo. Chego a comer vários dias depois de fazer e parecem feitas no dia. Em relação ao plástico não é assim. 

E podemos colocar o molho logo no recipiente sem encharcamos as folhas verdes. Mesmo quando levamos o frasco para o trabalho, e vira na lancheira, não há esse problema. O truque? Colocar as camadas por ordem correcta. A ideia básica é começar com os ingredientes mais pesados e não absorventes, com o molho no fundo do frasco, e fazendo camadas até aos ingredientes mais leves, acabando normalmente comas folhas verdes.

Os vegetais sólidos funcionam como barreira: tomate, pepino, cebola… Os  vegetais, que são bons para pickles, são bons para fazer barreira. Podemos fazer várias saladas no fim-de-semana para comer durante a semana, o mesmo se passando em relação aos pequenos-almoços. Já não há desculpa que não tem tempo para preparar algo saudável. Guardando no frigorífico, é garantido cinco dias de frescura. Se usar ingredientes suaves ou proteínas perecíveis, como abacate, tomate, ovos cozidos, ou peito de frango cozido, devem ser feitas de véspera.

Para evitar que alguns legumes fiquem escuros, coloco um pouco de sumo de limão. Além disso, como os frascos ficam cheios e bem fechados, há pouco oxigénio dentro e não se dá oxidação. Podemos comer directamente do frasco, mas eu prefiro sempre colocar num prato ou taça. Como fica tudo fica bastante compactado no frasco, por vezes é necessário agitar vigorosamente, para caírem no prato. Muito fácil.

SUGESTÕES:

MOLHO DE SALADA: pode usar azeite, vinagre, ervas aromáticas, especiarias, ou mesmo fazer um molho de iogurte magro. Se quiser, pode colocar só no dia em que vai comer.

LEGUMES RÍGIDOS: em seguida, adicione os vegetais picados rígidos, como cenouras, pepinos, pimentões vermelhos e verdes, beterraba cozida.

FEIJÕES, CEREAIS E MASSAS: adicione feijão, grãos ou massa, como grão-de-bico, feijão preto, cevada cozida, arroz cozido, lentilhas, ou massa integral.

QUEIJO E  PROTEÍNAS: se vai comer a salada no mesmo dia, adicione uma camada e cubos de queijo magro, atum, salmão, frango, ovos cozidos, ou tofu em cubos. Se fizer saladas para comer ao longo da semana, adicione estes ingredientes no dia ou na véspera no topo do frasco.

VEGETAIS E FRUTAS MAIS MOLES (OPCIONAL): em seguida, adicione todos os vegetais moles ou frutas.

NOZES, SEMENTES E GRÃOS MAIS LEVES:em seguida, adicione nozes ou sementes, como amêndoas, nozes e sementes de girassol. Se fizer uma salada com grãos mais leves, mais absorventes como quinoa, adicione nesta camada.

FOLHAS VERDES: por último, mas não menos importante, preencha o resto do frasco com folhas verdes. Use as mãos para rasgá-los em pedaços médios. Encha bem para formar uma camada compacta.

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!

Mais Lidas

+ Lidas

Instagram

Instagram

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável