Notícia

Música

Esperança não morreu... mas já há cancelamentos: NOS Alive pode mesmo ser adiado

Taylor Swift já anunciou cancelamento do concerto. Organização admite vir a adiar o festival com data marcada para a segunda semana de Julho.
17 de abril de 2020 às 19:47
As fotos emblemáticas do NOS Alive... para continuarmos a acreditar
NOS Alive
NOS Alive
NOS Alive
NOS Alive
NOS Alive
NOS Alive
NOS Alive
NOS Alive
NOS Alive
NOS Alive
NOS Alive
NOS Alive
NOS Alive
NOS Alive
NOS Alive
NOS Alive
NOS Alive
NOS Alive
NOS Alive
NOS Alive
NOS Alive
NOS Alive
NOS Alive
NOS Alive
NOS Alive
NOS Alive
NOS Alive
NOS Alive
NOS Alive
NOS Alive
NOS Alive
NOS Alive
NOS Alive
NOS Alive
NOS Alive
NOS Alive
NOS Alive
NOS Alive
NOS Alive
NOS Alive
NOS Alive
NOS Alive
NOS Alive
NOS Alive
NOS Alive
NOS Alive
NOS Alive
NOS Alive
NOS Alive
NOS Alive
NOS Alive
NOS Alive
Everything is New admite poder vir a adiar o NOS Alive devido ao novo coronavírus. Taylor Swift já cancelou o concerto.

"Lamentamos comunicar que devido à situação atual de pandemia mundial de covid-19 e pelo momento único que estamos todos a viver, Taylor Swift decidiu cancelar a sua tour europeia até final de 2020, e assim não estará presente na edição de julho do NOS Alive. Entendemos e respeitamos a decisão da artista nesta altura de crise sanitária a nível mundial", pode ler-se no comunicado enviado pela orgnaizadora.

...
taylor swift

"Continuamos a avaliar todas as possibilidades de desfrutar da música no Passeio Marítimo de Algés e por isso estamos a trabalhar em todos os cenários, incluindo o adiamento de datas do festival, com o mesmo cartaz. Após o levantamento do Estado de Emergência, poderemos certamente tomar as decisões mais adequadas sobre a edição do NOS Alive, tendo sempre como prioridade a segurança de todos".

Taylor Swift era uma das cabeças de cartaz do festival, juntamente com nomes como Kendrick Lamar, Billie Eilish e The Strokes, aos quais se juntam nomes como Faith No More, Da Weasel e Caribou.

Em Portugal, o decreto presidencial que prolonga até 02 de maio o estado de emergência iniciado em 19 de março, prevê a possibilidade de uma "abertura gradual, faseada ou alternada de serviços, empresas ou estabelecimentos comerciais".

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!

Mais Lidas

+ Lidas

Instagram

Instagram

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável

;