Notícia

Coronavírus

Pode-se fazer sexo durante a pandemia da Covid-19? A resposta que vai querer saber

Os especialistas dizem que há precauções a tomar nesta fase de pandemia.
25 de março de 2020 às 15:50
5 coisas para ter um "amor adolescente" em qualquer idade
É possível voltar a sentir aquela paixão de início numa relação de anos. Veja como
1 - CONTINUEM A SAIR JUNTOS - Ao longo dos anos, muitas vezes, as pessoas afastam-se ou os relacionamentos tornam-se monótonos porque os casais não conseguem fazer coisas novas e especiais juntos. Façam passeios divertidos, voltem a ir beber um copo juntos, por exemplo. Fujam do óbvio e arrisquem mais
2 – ELOGIEM - Com o passar do tempo, o casal tende a deixar de se elogiar mutuamente, porque "assume” que o outro sabe o que você está a pensar. Errado. Demonstrem os vossos sentimentos e expressem o vosso amor. Faça declarações e elogios ao seu companheiro para ele se sentir especial como sempre
3 – DEDIQUEM TEMPO A ENTENDER O OUTRO - Acredite que ainda há coisas sobre ele que você não conhece. E vice-versa. Por isso, tente saber mais sobre o trabalho dele ou carreira, por exemplo. Tentem também ter uma conversa significativa sobre os vossos dramas ou interesses pessoais. Ou seja, a ideia aqui é descobrir uma nova faceta do seu amor
4 - TENHAM UM DIA SÓ PARA VOCÊS - É bom relembrar os velhos tempos, quando se apaixonaram e porque. Tal como fazer aquelas coisas que gostavam de fazer no início. Lembra-se de quando andavam de mãos dadas o tempo todo? Ou quando dividam uma sobremesa no restaurante?
5 - PRATIQUEM ALGUM HOBBY JUNTOS - Como se fosse um ponto de encontro marcado. Da mesma forma que é positivo dedicar um tempo pessoal e individual para cada um, também é importante dedicar um tempo ao casal, na partilha de conversa e passatempos juntos
homem mulher
Homem mulher casal
Homem mulher casal
Homem mulher casal
Homem mulher casal
Homem mulher casal
Há quem diga que daqui a nove meses é provável que o mundo assista a um verdadeiro 'baby boom' no mundo inteiro na sequência às semanas de isolamento a que todos estamos sujeitos.

Há especialistas que contrariam esta teoria, pois dizem que a preocupação e o stress pode levar a uma falta de líbido. Aconselham, no entanto, os casais a praticarem sexo, já que reduz a ansiedade e leva a um bem-estar físico e psicológico.

Isto claro que os casais que estão assintomáticos, que estão a levar o isolamento em conjunto e que não têm comportamentos de risco.

O sexo - ao que parece não é um meio de transmissão - o grande problema são os beijos. Esses sim, são um dos maiores meios de transmissão do coronavírus.

Outro problema: estar 24 sob 24 horas juntos acaba por trazer aos casais alguns confitos que vai fazer com que o sexo também saia penalizado. Portanto, é preciso saber contornar os problemas e manter a sexualidade e a intimidade a salvo.

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!
Machado Paulo Há 1 dia

Sempre por detrás, sem ser porco, mas é a posição mais segura

Anónimo Há 3 dias

o melhor remédio é fazer sexo todos os dias, se não a verga vai abaixo.

Mais Lidas

+ Lidas

Instagram

Instagram

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável

;