Notícia

Sexo

Tempo de conquista

Corra atrás do homem que ama, mesmo que tenha de fazer cedências. Não vire as costas a um grande amor.
10 de novembro de 2016 às 00:00
...
Tempo de conquista
Foto: Getty Images
Se o final da sua relação não a deixou convencida de que o afastamento é para sempre então talvez deva arregaçar as mangas e ir à luta.

Não faça nada de forma impulsiva, pondere bem os passos que vai dar, mas se tem a certeza de que ainda há sentimentos fortes de ambas as partes pense numa estratégia de reconquista.

Comece por mostrar ao seu ex-companheiro que o respeita e que aceita a decisão dele. No entanto, mostre-lhe que está disposta a tentar um recomeço e a fazer cedências.

Não seja agressiva quando falar com ele, opte por mostrar-se misteriosa, carinhosa e meiga. Não force situações, mas convide-o para tomar café ou para jantar e mostre-se disponível para algumas mudanças, sem contudo deixar de ser quem é.

"Depois de uma discussão, o meu companheiro saiu de casa. Já por várias vezes nos tínhamos exaltado e ele já tinha mostrado vontade de o fazer, mas sempre pensei que fossem palavras sem fundamento lançadas no calor do momento.

Mas a verdade é que ele fez uma mala de roupa e saiu. Confesso que demorei algumas horas a acalmar-me e a perceber que apesar de continuar a achar que eu tinha toda a razão, deveria pesar na balança a importância da minha relação.

Dar o braço a torcer nem sempre é sinal de fraqueza, muitas vezes significa apenas que damos mais importância à outra pessoa do que ao nosso ego. Foi o que me aconteceu. Percebi o quanto gostava dele e por isso achei que devia tentar reconquistá-lo.

Esperei que a poeira baixasse e só no dia seguinte lhe mandei um SMS. Dizia simplesmente: ‘Desculpa. Gostava de resolver as coisas’.

Ele demorou algumas horas a responder, talvez porque ainda estava a digerir a discussão e a decisão que tinha tomado de sair de casa. Respondeu: ‘Também gostava de resolver as coisas, mas há coisas que precisas de mudar.’

Combinamos um café ao final do dia num lugar neutro e tivemos uma conversa serena. Pela primeira vez em muito tempo fomos sinceros, abrimos o coração e dissemos o que nos magoava. Foi o início da mudança.

Ele voltou para casa nessa noite e desde então que não voltamos a atirar coisas à cara um do outro. Em vez disso, de cada vez que algo nos perturbava, falávamos abertamente do assunto. Crescemos como casal e hoje somos mais felizes do que nunca.

Às vezes,  precisamos mesmo de um abanão da vida para percebermos a importância que damos a quem amamos", revelou Sandra R.

Se no passado o seu parceiro se apaixonou por si, provavelmente só terá de fazer algumas alterações para as coisas voltarem a funcionar. Quando for finalmente falar com ele não exagere no que veste, nos saltos e na maquilhagem.

Seja você mesma e diga-lhe apenas que ele não conhece totalmente a sua personalidade que ainda tem muito para desvendar.

"A influência da família do meu marido na nossa relação sempre nos trouxe problemas e a dada altura a situação tornou-se de tal forma insustentável que eu decidi colocar um ponto final no casamento.

Não aguentei a pressão e desisti de lutar. O meu marido acabou por sair de casa e eu senti-me sem chão. Mas depois de reflectir muito sobre o assunto decidi que o amava e que tinha de lutar por ele.

Por isso, numa sexta-feira, ao final da tarde, fui ter com ele ao escritório onde ele trabalhava e desafiei-o para um fim de semana fora. Ele aceitou de imediato.

Nos dias em que estivemos longe de tudo e de todos expliquei-lhe com calma o quanto a família dele prejudicava o nosso relacionamento.

Pela primeira vez em muitos anos, ele ouviu-me sem me contrariar e percebeu o meu ponto de vista. Eu comprometi-me a ter mais calma e ele comprometeu-se a colocar os familiares no lugar deles.

A verdade é que desde esse fim de semana que muita coisa mudou na nossa vida conjugal. Acho até que o sentimento entre nós aumentou e temos vivido momentos verdadeiramente felizes", contou Constança G.

Se tema certeza de que ele é o homem da sua vida lembre-se de que vale a pena fazer o esforço necessário para retomar a vossa relação. Se o seu companheiro a amar, vai certamente repensar na decisão que tomou e voltará atrás a tempo de terem uma vida muito feliz.

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!

Mais Lidas

+ Lidas

Instagram

Instagram

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável

;