Notícia

Milan Fashion Week

Jackie Kennedy invadiu a passerelle italiana

"Jackie ou Marilyn?", a diferença de estilos já foi tema de um livro, mas na nova coleção de Jeremy Scott, para a Moschino, podem estar representadas as duas estrelas e responder ainda a algumas teorias da conspiração.
27 de fevereiro de 2018 às 16:12
Depois de ver a nova coleção outono/inverno da Moschino, apresentada na semana da moda de Milão, a questão que se levanta é porque razão Jackie Kennedy foi transformada em Marilyn Monroe e porque desfilaram algumas modelos pintadas de laranja, azul e amarelo. 

A resposta é simples: o diretor criativo da marca, Jeremy Scott, criou a sua própria teoria da conspiração, inspirada em todas as histórias que levantaram interrogações nos anos 1960. 

John F. Kennedy terá contado a Marilyn Monroe, suposta amanate, que os alienígenas eram reais. A informação privilegiada terá sido a causa da morte da atriz, em 1962 - que levou também à própria morte do presidente norte-americano 1 ano depois, segundo a teoria da conspiração que inspirou Scott. 

Os vestidos e os tailleurs são combinados com chapéu pequeno, luvas e carteira, um visual que se "cola" a Jackie Kennedy. A atualização dos 'looks' está nos fechos-éclaires
 e na ultização da pele falsa colorida.

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!

Mais Lidas

+ Lidas

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável