pub

Notícia

Papa Francisco em Fátima

Assunção Cristas não perde nenhum encontro com Deus

Católica praticante, a líder do CDS e candidata à Câmara de Lisboa, marcou presença nas cerimónias de Fátima e, dias antes, na procissão da Nossa Senhora da Saúde, em Lisboa. Assunção não desperdiça oportunidades para se encontrar com Deus.
Por Ana Cristina Esteveira | 16 de maio de 2017 às 16:11
Assunção Cristas devota em família Assunção Cristas devota em família Assunção Cristas devota em família Assunção Cristas devota em família Assunção Cristas devota em família Assunção Cristas devota em família Assunção Cristas devota em família Assunção Cristas devota em família Assunção Cristas devota em família Assunção Cristas devota em família Assunção Cristas devota em família Assunção Cristas devota em família Assunção Cristas devota em família Assunção Cristas na procissão da Nossa Senhora da Saúde, que se realizou em Lisboa no dia 7 de maio Assunção Cristas na procissão da Nossa Senhora da Saúde, que se realizou em Lisboa no dia 7 de maio Assunção Cristas na procissão da Nossa Senhora da Saúde, que se realizou em Lisboa no dia 7 de maio
Assunção Cristas devota em família
Assunção Cristas, o marido, Tiago Machado da Graça, e os quatro filhos do casal,  Maria do Mar, de 15 anos, de José Maria, de 13, Vicente Maria, de 11, e Maria da Luz, de 4, assistiram à missa do dia 13 de maio presidida pelo Papa Francisco, em Fátima. 

A presença da presidente do CDS não é de todo de estranhar, já que Assunção Cristas e a família são católicos praticantes. A líder centrista já disse inclusivamente que aquilo que mais a Deus para a sua família é fé.

"Não me imagino numa vivência sem Deus. Rezo várias vezes por dia e temos uma conversa contínua e inacabada. É um desejo de conhecer mais, de estar mais próxima e de me aperfeiçoar. Lembro-me de ser miúda e de ter um feitio apelidado de ‘difícil’ por ser muito pespineta e ser do contra. Razões para a minha mãe me sinalizar e dizer que não podia ser assim. Respondia-lhe: ‘Não tenho a culpa, nasci assim’. Aí, respondia-me: ‘Tens a vida toda para te modificares’. Isso foi ficando e eu continuo a achar que isso é verdade. Temos de perceber que, com a ajuda de Deus, temos uma vida inteira para melhorar", estas são palavras de Assunção Cristas em entrevista ao site FLASH!. Palavras reveladoras da grande religiosidade da líder centrista e candidata á presidência da CM Lisboa.

Antes da sua ida a Fátima, já Assunção Cristas tinha participado também na procissão da Nossa Senhora da Saúde, em Lisboa. Uma vez mais, a líder centrista voltou a coincidir com o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, que, tal como Cristas, é um católico praticante.

Mais notícias de Atualidade

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!
Anónimo 17.05.2017

O maior encontro dessa criatura com Deus e a caridade cristã ocorreu quando essa criatura integrada no governo PSD/CDS decidiu parir a nova lei das rendas que colocaria milhares de velhotes no patamar da miseria em 2017, nao fosse o BlocoDeEsquerda/PCP&PS terem alterado a lei que iria colocar velhotes com rendimentos de por exemplo 600 euros por mês a pagarem 400 euros de renda ou mais a partir de 2017, dependendo da cidade e localizacao


Newsletter

Subscrever Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável