O outono está a chegar com grandes exposições para Lisboa e Porto

'Materialidade e Metamorfose', de Joan Miró, no Palácio Nacional da Ajuda, Lisboa. Depois do sucesso no Museu de Serralves, Porto, com 240 mil visitantes, é a vez de Lisboa receber a coleção de 85 obras do BPN. Abre ao público esta sexta-feira e fica patente até 8 de Janeiro.

'A Mão-de-Olhos-Azuis', de Candido Portinari, no Museu Nacional de Arte Contemporânea, Lisboa. São apenas duas obras, mas valiosas, do artista brasileiro: 'Chorinho' e 'Carnaval, Cavalo-Marinho', esta última uma raridades, muito pouco exposta. A mostra fica patente de 13 de setembro a 30 de dezembro.

'D'après Fibonacci e as coisas lá fora', de Jorge Pinheiro, no Museu Serralves, Porto. Baseada numa ideia de Pedro Cabrita Reis, a exposição reúne 80 obras, entre pinturas, desenhos e esculturas do artista português. Aberta ao público de 15 de setembro a 7 de janeiro.

'Shadow Soudings', de Bill Fontana, no MAAT, Lisboa. Pensada a partir de sons e sombras da Ponte 25 de Abril, trata-se de uma instalação do artista norte-americano Bill Fontana. A exposição vai assinalar também o primeiro aniversário do Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia. Aberta de 4 de outubro a 12 de fevereiro.

'Como se pronuncia design em português: Brasil, Hoje', no Palácio da Calheta, antigo Museu Agrícola do Ultramar, Lisboa. O MUDE e a organização do programa Lisboa, Capital Ibero-Americana de Cultura juntaram-se para criar esta exposição. Criada a partir de 50 livros e 50 projetos do século XXI, estas 100 perspectivas "evidenciam a especificidade e complexidade do ato de projetar para o povo, sociedade, mercado ou território brasileiros, bem como o carácter cosmopolita e o alcance universal do design praticado na língua portuguesa", diz a organização. Aberta ao público de 23 de setembro a 31 de Dezembro.

'As ilhas do ouro branco', no Museu de Arte Antiga, Lisboa. Trata-se de uma encomenda artística à Madeira, com obras dos séculos XV e XVI, que evocam a importância da cana-de-açúcar. Vai estar aberta ao público de 15 de novembro a 8 de janeiro.

Notícia

;