Notícia

Polémica

Crime! Na prisão, Rosa Grilo continua a tentar manipular o amante

A viúva de Luís Grilo tentou mais uma vez consolidar a tese sobre o assassinato do triatleta.
05 de fevereiro de 2019 às 19:15
...
Crime! Na prisão, Rosa Grilo continua a tentar manipular o amante
Rosa Grilo continua a tentar comunicar com o alegado amante através de cartas, avança o 'Correio da Manhã' esta terça-feira, 5, informando que o estabelecimento prisional anexo à Polícia Judiciária interceptou mais uma correspondência da viúva do triatleta Luís Grilo.

O Ministério Público (MP) viu uma carta destinada a António Joaquim sem remetente e suspeitou que tivesse sido escrita por Rosa, pedindo assim que fosse intercetada de forma a verificar "se existe alguma prova ou o eventual acréscimo de alguma linha de investigação que importe encetar e que possa contribuir para o cabal e pormenorizado esclarecimento da verdade dos fatos".

A magistrada responsável pela investigação afirma que Rosa poderá tentar consolidar a tese de que o marido foi morto por três pessoas "de identidade não completamente apurada". 

Rosa Grilo usa empregada para comunicar com amante
Rosa Grilo à chegada ao Tribunal de Vila Franca de Xira
António Joaquim é o suspeito de matar o triatleta Luís Grilo
Rosa Grilo
António Joaquim é o suspeito de matar o triatleta Luís Grilo
Rosa Grilo
Rosa Grilo
Rosa Grilo
Rosa Grilo, triatleta, Luís, assassinado, crime, homicídio, suspeita, carta, prisão, francisco moita flores
Rosa Grilo
Rosa Grilo escreveu uma carta da prisão ao amante, António Joaquim
Rosa Grilo à chegada ao Tribunal de Vila Franca de Xira
António Joaquim é o suspeito de matar o triatleta Luís Grilo
Rosa Grilo
António Joaquim é o suspeito de matar o triatleta Luís Grilo
Rosa Grilo, António Joaquim, tribunal
Rosa Grilo
Rosa Grilo
Rosa Grilo, triatleta, Luís, assassinado, crime, homicídio, suspeita, carta, prisão, francisco moita flores
Rosa Grilo
Rosa Grilo, triatleta, Luís, assassinado, crime, homicídio, suspeita, carta, prisão, antónio Joaquim

O conteúdo desta carta e de outras já intercetadas pela Justiça não foi divulgado.

Rosa está presa de forma preventiva na cadeia de Tires por suspeita de homicídio qualificado, profanação de cadáver e posse de arma ilegalA acusação terá de ser formalizada até ao dia 26 de fevereiro. A polícia suspeita que Rosa tenha tido um cúmplice para cometer os crimes, o alegado amante, António Joaquim, preso preventivamente pelas mesmas suspeitas.

A carregar o vídeo ...

Rosa, no entanto, afirma ser inocente e culpa inimigos do marido.

Luís Grilo foi espancado e assassinado com um tiro na cabeça na madrugada de 16 de julho, ou na noite anterior, dentro de casa, em Vila Franca de Xira, arredores de Lisboa. O triatleta tinha 55 anos de idade.

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!

Mais Lidas

+ Lidas

Instagram

Instagram

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável

;