'

Notícia

A FLASH! já está no WhatsApp.
Siga-nos!
Seguir
surpresa

Cristina Ferreira arranja desculpas para os falhanços que tem vivido: "Ganhar sempre não é divertido"

A diretora de programas da TVI fala destes tempos mais complicados na televisão, onde não tem conseguido as audiências que esperava. Cristina Ferreira pede que a deixem falhar...
03 de novembro de 2022 às 16:05
Cristina Ferreira, sensual em dourado
Cristina Ferreira
Cristina Ferreira
Cristina Ferreira
Cristina Ferreira
Cristina Ferreira
Cristina Ferreira
Cristina Ferreira
Cristina Ferreira
Cristina Ferreira
Cristina Ferreira
Cristina Ferreira
Cristina Ferreira
Cristina Ferreira
Cristina Ferreira
Cristina Ferreira
Cristina Ferreira
Cristina Ferreira
Cristina Ferreira
Cristina Ferreira
Cristina Ferreira

Cristina Ferreira voltou a ser oradora na Web Summit, na edição deste ano da famosa cimeira tecnológica que tem lugar em Lisboa, desta feita com o tema ‘O que faz um bom líder’. A diretora de Entretenimento e Ficção da TVI falou dos falhanços que teve durante o seu percurso, mas afirma que estes são dores necessárias para chegar ao sucesso.

"O falhanço é o primeiro passo para o sucesso. Quando não falho é porque não estou a fazer nada de novo", afirmou a apresentadora, segundo o ‘Observador’, acrescentando: "Houve uma altura da minha vida em que as pessoas diziam que tudo o que eu tocava transformava-se em ouro. Mas ganhar sempre não é divertido".

"Disse muitas vezes: deixem-me falhar. Temos de deixar a nossa zona de conforto. Se o teu sonho não funcionar é porque talvez não seja para ti. E está tudo bem. Tenta outro. Há pessoas que não veem outro caminho. Não temos de ter medo da mudança", frisou.

Depois de ter inicialmente pedido à plateia para conjugar o verbo ‘to be’ ["ser", em inglês], para afirmar "para ser líder, tens de saber quem és", a comunicadora voltou depois a referenciar o momento para dizer: "Os meus posts que recebem mais comentários são aqueles em que apareço sem maquilhagem ou em que exponho as minhas fragilidades. A tecnologia e o futuro não são números. A partir de agora, quando pensarem no verbo ‘to be’, não se esqueçam que são os líderes da vossa própria vida", concluiu.

Saber mais sobre

Vai gostar de

você vai gostar de...

Mais Lidas

+ Lidas