'

Notícia

Quem quer namorar com o agricultor?

Revelado o valor do cachet dos agricultores da SIC. Saiba quanto ganham

Encontrar o amor e engordar o mealheiro... O 'reality show' da SIC aumentou os pagamentos este ano.
Por Amarílis Borges | 10 de junho de 2021 às 11:46
Agricultores da SIC que procuram o amor já fizeram as suas escolhas
Quem Quer Namorar com o Agricultor
Quem Quer Namorar com o Agricultor
Quem Quer Namorar com o Agricultor
Quem Quer Namorar com o Agricultor
Quem Quer Namorar com o Agricultor
Quem Quer Namorar com o Agricultor
Quem Quer Namorar com o Agricultor
Quem Quer Namorar com o Agricultor
Quem Quer Namorar com o Agricultor
Quem Quer Namorar com o Agricultor
Quem Quer Namorar com o Agricultor
Quem Quer Namorar com o Agricultor
Quem Quer Namorar com o Agricultor
Quem Quer Namorar com o Agricultor
Os agricultores do novo 'reality show' da SIC estão à procura do amor e recebem cinco mil euros por isso.

Ana Palma, Aurélio Pinto, Diogo Moreira, Luís Feijão, José Luís Fernandes e Tiago Belo têm um acordo com a SIC para permanecerem em 'Quem quer namorar com o agricultor?'. Já os pretendentes são pagos por cada dia de gravações.

"Os agricultores ganham à cabeça os cinco mil euros, mas recebem metade no início e só no fim do programa é que recebem o restante. Os pretendentes, como é normal, recebem uma quantia muito mais reduzida. O que está no contrato são 75 euros por cada dia que gravam. Há uns que gravam mais, outros que ficam na experiência até ao fim, por isso o valor total que cada um recebe difere, dependendo do tempo que estejam no programa", contou uma fonte da produção citada pela 'TV 7 Dias'.

Além do pagamento, todos os participantes têm todas as despesas pagas ao longo do programa. "Asseguramos tudo o que sejam deslocações, alimentação ou mesmo medicação que seja necessária para os dias em que estamos a gravar".

Com o sucesso das últimas temporadas, a produção quis aumentar a fasquia nesta quarta edição, aumentando as despesas para incluir mais um agricultor. 

"Quisemos ter mais uma quinta este ano porque achámos que fazia sentido e que o programa ganhava com isso. Claro que traz mais custos. Se nos anos passados gastámos 25 mil euros em cachês para agricultores, este ano são 30 mil. Fora os candidatos, que também tiveram de ser mais, as deslocações, tudo!", revelou a mesma fonte àquela revista.

A carregar o vídeo ...

Vai gostar de

você vai gostar de...

Mais Lidas

+ Lidas

Instagram

Instagram

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diariamente todas as noticias de forma confortável
Subscrever