'

Notícia

Animais de estimação

As 6 maiores manias dos gatos

O seu gato tem imensos rituais que ninguém percebe. Como lavar as patinhas depois de comer e nem sequer as usa. Nós explicamos tudo.
Por Inês Neves | 18 de fevereiro de 2017 às 08:00
As maiores manias dos gatos
PARECE QUE ESTÁ A AMASSAR O PÃO - Esse comportamento com as patas inicia quando um gato bebé começa a mamar e, em alguns casos, mantém-se para o final da vida
LAVA AS PATAS DEPOIS DE COMER - Apesar de não utilizarem as patas para comer, os gatos limpam-nas quando acabam a refeição. Estes bichos passam muito tempo a "lavar" o pêlo e, apesar de serem animais muito ágeis, há partes do corpo às quais não chegam
NÃO GOSTA DE BANHOS - Há várias razões para esta relação complicada que os gatos têm com a água. Deve-se à evolução da espécie e há procura de potenciais perigos, entre outras
TÃO DEPRESSA CORRE DESENFREADO, COMO FICA ESTÁTICO - Os gatos não param quietos
REAGE À MÚSICA - E de forma muito particular. Por vezes, miam, outras acalmam-se. Os gatos ouvem melhor do que os humanos, embora não captem os sons mais graves
NÃO LARGAM AS VISITAS - Os gatos mais sociáveis esfregam-se nas visitas e marcam-nas com as suas glândulas de cheiro. Este comportamento pode ser incomodativo para quem não gosta de gatos
gatos animais de estimação
gatos animais de estimação
gatos animais de estimação
gatos animais de estimação
gatos animais de estimação
gatos animais de estimação

Vamos ajudá-los a perceber porquê é que o seu felino, tem tantas manias e, às vezes, parece que é meio maluquinho...

1 - LAVA AS PATAS DEPOIS DE COMER
Apesar de não utilizarem as patas para comer, os gatos limpam-nas quando acabam a refeição. Estes bichos passam muito tempo a "lavar" o pêlo e, apesar de serem animais muito ágeis, há partes do corpo às quais não chegam.

Por isso, depositam saliva nas patas e usam-nas como panos de limpeza para no focinho, orelhas, nariz, pescoço, zona à volta da boca, etc. Depois de comer, estas zonas ficam sujas e o gato, como animal obcecado pela sua higiene pessoal, trata de imediatamente de se lavar.

2 - PARECE QUE ESTÁ A AMASSAR O PÃO
Esse comportamento com as patas inicia quando um gato bebé começa a mamar e, em alguns casos, mantém-se para o final da vida. Eles massageiam a região mamária e recebem, neste momento, o leite que gera uma plenitude de conforto. Na fase adulta, o comportamento acompanha exatamente as circunstâncias geradoras de conforto e tranquilidade.

3 - NÃO GOSTA DE BANHOS
Há várias razões para esta relação complicada que os gatos têm com a água. A primeira é a evolução: Os gatos domésticos descendem dos gatos arábes selvagens, que viviam em regiões secas onde praticamente não podiam ou precisavam de nadar. Por isso os gatos nunca aprenderam a nadar nem têm necessidade de o fazer.

Os felinos também estão sempre à procura de potenciais perigos e querem permanecer em boa forma no caso de terem de lutar ou fugir. No entanto, quando o seu pelo fica molhado, o animal fica mais pesado e isso compromete a sua agilidade e torna-o vulnerável a ataques. A ocorrência de más experiências (ou a falta de experiência) é outra razão para os gatos não gostarem de água. Se o gato já foi obrigado a tomar banho e até de uma forma agressiva, é normal que não seja grande fã.

Além disso a água bloqueia a sua libertação de feromonas e os pelos demoram muito tempo a secar, tornando a experiência do banho ainda mais desagradável.

4 - TÃO DEPRESSA CORRE DESENFREADO, COMO FICA ESTÁTICO
Os gatos não param quietos. Correr de um lado para o outro, parar de repente como se nada tivesse acontecido só para voltar a correr novamente, deitarem-se de costas e levantarem-se de um pulo são só alguns exemplos. Este comportamento do gato é, afinal, uma brincadeira que simula as técnicas de caça.

Na verdade, os gatos estão a praticar não vá ser preciso algum dia caçar uma luz na parede, uma sombra no jardim ou o papel dos embrulhos de natal.

5 - REAGE À MÚSICA
E de forma muito particular. Por vezes, miam, outras acalmam-se. Os gatos ouvem melhor do que os humanos, embora não captem os sons mais graves. E parecem relaxar ao som de violinos, mas estudos indicam que a música Rock pode-lhes perturbar o descanso. Cada gato tem os seus gostos musicais, mas existem CD’s especialmente compostos para eles.

6 - NÃO LARGAM AS VISITAS
Os gatos mais sociáveis esfregam-se nas visitas e marcam-nas com as suas glândulas de cheiro. Este comportamento pode ser incomodativo para quem não gosta de gatos. E ele parece perceber bem quem não gosta e insistir em esfregar-se nessa pessoa. Porque? Porque esses seus convidados tentam limpar a sua marca.

Geralmente são as pessoas que não gostam de gatos que rapidamente tentam limpar os pêlos e a saliva. Para o gato, marcar as visitas com o seu cheiro é reclamar que elas lhe pertencem. Se há visitas que resistem, o gato vai ser particularmente insistente com elas.

Vai gostar de

você vai gostar de...

Mais Lidas

+ Lidas

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diariamente todas as noticias de forma confortável
Subscrever