Notícia

Polémica

Agricultores da SIC sem dinheiro: Três não têm nada, um é remediado e outro é herdeiro de terras

Concorreram ao 'reality show' da SIC para encontrar o amor e acabar com a solidão, mas a maioria não tem dinheiro. Dois trabalham em herdades que não são deles, outro cultiva umas hortas, um herdou as alfaias do pai e outro será herdeiro de coutos.
Por João Bénard Garcia | 14 de junho de 2019 às 21:10

Avançaram para o 'reality show' mais popular da televisão nacional da atualidade com a imagem de que a terra é de quem a trabalha, mas depois as candidatas são apanhadas a comer gato por lebre.

Três dos concorrentes da segunda edição de 'Agricultores' são, ou foram, pobres e para oferecer às candidatas só terão uma mão cheia de… amor.

No caso de António Hipólito, a máxima "amor e uma cabana" assenta que nem uma luva. Com uma 'nuance': A cabana nem é dele, como revela com todos os pormenores e histórias secretas a edição da revista TV Guia desta semana.

António Hipólito, 32 anos, o agricultor de Beja que diz trabalhar na herdade de 850 hectares perto do Alqueva que são dos padrinhos, mas afinal nem os padrinhos o são, nem a terra é dele, que nasceu no seio de uma família de pobres pastores de ovelhas, a sua real profissão.

Menos bem na vida está Miguel Carvalho, o vaqueiro de 55 anos de Samora Correia que trabalha na herdade do patrão que o inscreveu por brincadeira no programa e que vive com a mãezinha, Engrácia Salvador, uma septuagenária que não o quer ver no programa à caça de mulher.

Igualmente sem dinheiro está Francisco Martins, o "Chico das Aventuras" que cultiva hortas à enxada nas imediações de Navió, em Ponte de Lima.

Os únicos que têm qualquer coisa palpável para mostrar às candidatas são o pastor e agricultor Emanuel Costa, de 31 anos, de Nelas, Viseu, e o jovem Miguel Pereira, de 26 anos, que veio da América para plantar castanheiros de castanha judia nas terras da serra da Padrela que um dia herdará dos pais e das tias.

Todas os pormenores das histórias de vida e património dos cinco "pinga-amor" da SIC devem ser lidas na 'TV Guia' que já está à venda.

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!
Maria Marques Há 1 dia

E há gente que perde tempo a ver mais um programa de fantochada, que sabem que é uma mentira gigante, sem graça, sem sentido. Onde anda a inteligência e o cérebro do bom povo? Não há agricultores, há um montão de falidos e um grupo de mulherada paga para umas cenas ridículas a fingir que estão apaixonadas. Alguém concorre para apanhar um falido Zé Ninguém? Tenham dó da estupidez humana. Maia vale ver os outros da TVI a canatr mal mas são divertidos.

Artur Rosa Santos Há 2 dias

Isto é tudo uma pura fantochada, são agricultores como eu piloto aviador,depois.não sei quem possa estar à frente de um televisor a ver tais programas.Enfim,é o que as estações têm para oferecer.

Mais Lidas

+ Lidas

Instagram

Instagram

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável