Notícia

Polémica

José Wallenstein está em tribunal para se libertar das responsabilidades parentais

José Wallenstein acaba de entrar com a ex-companheira e mãe do filho, Filipa Galante, no tribunal de Torres Vedras, para decidirem que o ator fica livre de todas as responsabilidades parentais do bebé António.
Por João Bénard Garcia | 06 de fevereiro de 2017 às 16:18
...
José Wallenstein está em tribunal para se libertar das responsabilidades parentais

O ator José Wallenstein, de 57 anos, e a arquiteta Filipa Galante, de 41, cuja relação amorosa terminou em setembro de 2016, acabaram de entrar – cerca das 15h45, desta segunda-feira, dia6 – no juízo de Família e Menores do tribunal de Torres Vedras para a primeira audiência de regulação das Responsabilidades Parentais do pequeno António Galante Franco Wallenstein, filho de ambos, de dois anos e meio.

...
José Wallenstein e Filipa Galante à entrada do Tribunal de Torres Vedras Foto: Ivo Raínho Pereira

Recorde-se que o site FLASH! avançou, em exclusivo, a 19 de janeiro, que Filipa Galante tinha aberto um processo para libertar José Wallenstein de todas as responsabilidades parentais, incluindo pagamento de pensão de alimentos e visitas quinzenais obrigatórias, assumindo sozinha a guarda do filho António.

"Respeitando as decisões do Zé [José Wallenstein], fui ao tribunal e dei entrada de um processo de pedido de guarda total do António, no sentido de dar o direito ao Zé de renunciar às suas responsabilidades parentais", adiantou então a mãe do menino, em primeira mão, ao site FLASH!.

O Ministério Público atendeu ao pedido da arquiteta e consultora e abriu o processo 2130/16.8T8TVD, começando hoje o juiz a ouvir os argumentos dos pais do bebé António. O ex-casal manifesta aparentemente estar de acordo e deseja oficializar o fim do vínculo parental do ator que representa, em 'Ouro Verde', a novela da TVI líder de audiências, o papel do corrupto inspetor Joaquim Fernandes.

ELA QUER LIBERTAR WALLENSTEIN

O processo de regulação foi aberto antes do último Natal depois dos pais do pequeno António terem conversado sobre a educação e o futuro do filho bebé.

"Não posso obrigar o Zé a ser pai", declarou então, em primeira mão, ao site FLASH! Filipa Galante, antes de explicar os contornos do caso e ainda como encara, com racionalidade, esta situação: "O Zé nunca me disse para fazer um aborto. O que sempre me disse é que não tinha vontade de voltar a ser pai. Mas deixou claro que respeitava a minha decisão. Sempre tivemos uma relação de alguma cumplicidade e amizade".

Apesar da boa relação do ex-casal, que se separou em setembro último, Filipa Galante confessou aceitar e apoiar a decisão do ex-companheiro: "Ele deu o nome ao António, assumiu a paternidade. O António tem um pai. Mas se ele manifesta a intenção de não assumir a responsabilidade – que é diferente de assumir a parentalidade –, então tenho que aceitar".

O site FLASH! vai acompanhar a saída do ex-casal do tribunal e espera revelar todos os pormenores sobre o desfecho deste processo inusitado.

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!

Mais Lidas

+ Lidas

Instagram

Instagram

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável

;