'

Notícia

Covid-19

O desespero de Cláudia Vieira fechada em casa!

Apresentadora e atriz da SIC recorda o pesadelo de estar com o namorado e as filhas na "massacrante" pandemia, sem ajuda de ninguém.
30 de janeiro de 2021 às 13:48
O confinamento de Cláudia Vieira
cláudia vieira
cláudia vieira
cláudia vieira
cláudia vieira
cláudia vieira
cláudia vieira
cláudia vieira
cláudia vieira
cláudia vieira
cláudia vieira
cláudia vieira
cláudia vieira
cláudia vieira
Cláudia Vieira
claudia vieira, joão alves
claudia vieira, joão alves
claudia vieira, joão alves
cláudia vieira
cláudia vieira
cláudia vieira
cláudia vieira
cláudia vieira
cláudia vieira
cláudia vieira
cláudia vieira
cláudia vieira
cláudia vieira
cláudia vieira
cláudia vieira
cláudia vieira
Cláudia Vieira
claudia vieira, joão alves
claudia vieira, joão alves
claudia vieira, joão alves
A pandemia não está a ser fácil para a maioria dos pais e Cláudia Vieira não é exceção! Sem esperar, a atriz, de 42 anos de idade, viu-se obrigada a ficar fechada em casa com o companheiro, João Alves, e com as duas filhas, Maria (10) e Caetana (1). A estrela da SIC considera-se uma pessoa desenrascada, mas já houve momentos desesperantes. "Vivemos uma quarentena com a Caetana cheia de cólicas e sem uma única ajudinha. Não havia as avós, não havia nada. Éramos só nós!", recordou num 'podcast' conduzido por Rita Ferro Alvim.

Hoje, a vivermos a pior fase da pandemia, cada vez com mais infetados e mortos em Portugal com Covid-19, a atriz assume essa experiência do confinamento como muito negativa: "Ainda por cima, não sou nada de estar em casa. Foi tudo muito intenso e massacrante e, ao contrário do que sempre fui, não encontrava o otimismo. Queria ver o lado bom das coisas e só tinha stress, porque estava fechada em casa e porque a bebé estava a chorar o tempo todo. Só queríamos que ela dormisse, e eu não sou nada essa mãe."

Agora que voltou ao pequeno ecrã, para comandar 'Regresso ao Futuro', aos sábados à tarde na estação de Paço de Arcos, ao lado de João Manzarra, a apresentadora desabafa: "Foi um ano muito intenso e exigente."

Vai gostar de

você vai gostar de...

Mais Lidas

+ Lidas

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diariamente todas as noticias de forma confortável
Subscrever