'

Notícia

Drama

Passado dramático! A 'top model' Gisele Bündchen teve ataques de pânico e pensou acabar com a vida

A 'top model' brasileira faz revelações extraordinárias em biografia polémica.
15 de outubro de 2018 às 18:39
Gisele Bündchen revela ataques de pânico em livro
Gisele Bündchen
Gisele Bündchen
Gisele Bündchen
Gisele Bündchen
Gisele Bündchen
Gisele Bündchen
Gisele Bündchen
Gisele Bündchen
Gisele Bündchen
Gisele Bündchen
Gisele Bündchen
Gisele Bündchen
Gisele Bündchen
Gisele Bündchen
Gisele Bündchen
Gisele Bündchen
Gisele Bündchen
Gisele Bündchen
Gisele Bündchen
Gisele Bündchen
Gisele Bündchen
Gisele Bündchen
Gisele Bündchen
Gisele Bündchen
Gisele Bündchen
Gisele Bündchen
Gisele Bündchen
Gisele Bündchen
Gisele Bündchen
Gisele Bündchen
Gisele Bündchen
Gisele Bündchen
Gisele Bündchen
Gisele Bündchen
Gisele Bündchen
Gisele Bündchen
Gisele Bündchen
Gisele Bündchen
Gisele Bündchen
Gisele Bündchen
Gisele Bündchen revelou na sua biografia um passado dramático, de excessos e até ataques de pânico na biografia 'Lessons: My Path to a Meaningful Life', cuja versão em português, 'Aprendizados', foi lançada esta segunda-feira, 15, no Brasil.

A 'top model' já tinha confessado numa entrevista à 'People' que chegou a considerar tirar a própria vida enquanto enfrentava um ataque de pânico, em 2003.

"Eu pensei mesmo, 'Se saltar do telhado isto acaba, e já não vou ter de me preocupar com o mundo a ficar mais pequeno'", contou a modelo.

Ritmo alucinante 

Agora sabe-se também que Gisele trabalhava 350 dias por ano e que por causa do número de viagens nem chegava a desfazer as malas. O ritmo de trabalho de uma das maiores manequins do mundo refletia-se num estilo de vida pouco saudável.

Gisele Bundchen posou várias vezes sem roupa ao longo da sua carreira
Gisele Bundchen despida numa campanha brasileira
Gisele Bundchen
Gisele Bundchen
Gisele Bundchen
Gisele Bundchen
Gisele Bundchen
 gisele-bundchen
Gisele Bundchen
Gisele Bundchen
Gisele Bundchen
Gisele Bundchen
Gisele Bundchen
Aos 23 anos de idade, Gisele dormia pouco, começava o dia com café e cigarros e terminava com um copo de vinho. 

Para acabar com os ataques de pânicos, Gisele procurou ajuda mas rejeitou os medicamentos que lhe foram receitados, foi então que começou a fazer ioga e adotou uma dieta mais natural, livre de açúcar e café.

A carregar o vídeo ...
Gisele Bündchen e Ivete Sangalo

Vai gostar de

você vai gostar de...

Mais Lidas

+ Lidas

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diariamente todas as noticias de forma confortável
Subscrever