'

Notícia

Hell's Kitchen

Amargura de Lucas não passa. Finalista derrotado de ‘Hell’s Kitchen’ não consegue digerir vitória de Francisca: “Sou melhor do que ela”

Palavras dirigidas à vencedora Francisca marcaram os depoimentos finais do programa, admitindo recentemente que se soubesse que não iria ganhar, não teria participado.
Por João Bénard Garcia | 09 de junho de 2021 às 13:54
Lucas, de 'Hell's Kitchen', procura sucesso com outros chefs concorrentes
O chef junta-se a Diogo Filipe e António Pedro Magalhães para lançar um projeto.
Lucas de Hell's Kitchen
Lucas de Hell's Kitchen
Lucas de Hell's Kitchen
Lucas de Hell's Kitchen
Lucas de Hell's Kitchen
Lucas de Hell's Kitchen
Lucas de Hell's Kitchen
Lucas de Hell's Kitchen
Lucas e Ljubomir Stanisic
Lucas de Hell's Kitchen
Lucas de Hell's Kitchen
Lucas de Hell's Kitchen
Lucas de Hell's Kitchen
Lucas de Hell's Kitchen
Lucas de Hell's Kitchen
Lucas de Hell's Kitchen
Lucas de Hell's Kitchen
Lucas de Hell's Kitchen
Lucas e Ljubomir Stanisic

O final da primeira temporada de versão portuguesa de ‘Hell’s Kitchen’ foi exibido no passado domingo, dia 6 de junho, e ficou assim revelado que Francisca Dias foi então a grande vencedora do programa conduzido por Ljubomir Stanisic, como aliás já havia sido noticiado pela FLASH!.

Quem não ficou feliz, como se pôde constatar no semblante e nas palavras ditas nos seus depoimentos, mesmo no final do programa, foi Lucas Fernandes, de 31 anos, que levou a medalha de prata na competição pelo lugar de melhor cozinheiro de Portugal. "Desejo tudo de bom à Francisca e à família dela. E se calhar, daqui a três ou quatro anos, que veja nas revistas e diga: ‘Olha, conseguiu uma estrela Michelin e eu sou melhor do que ela... Só não ganhei o Hell’s Kitchen’", dá conta a TV Guia.

Ainda segundo a Tv Guia, depois de regressar a Vila Verde, onde abriu o negócio com os ex-colegas Diogo Filipe e António Pedro Magalhães, o Hell’s Table, a que não chama restaurante, mas antes "mesa de degustação" para seis e oito pessoas, com "experiências exclusivas", Lucas mostra-se mais contido. "Acabei de cabeça erguida", reitera, destacando estar "orgulhoso" do seu percurso, com vontade de fazer mais e melhor: "Muito obrigado a todos pelo apoio."

Uma semana antes da emissão da final, num vídeo caseiro, Lucas pediu perdão. "Peço desculpa se faltei ao respeito a alguém. Se alguém se sentiu inferiorizado, peço desculpa. Viva a Finesseleague. Viva a Hell’s Table e o resto é teoria só para encher", rematou, depois de ter revelado à SIC que, "se soubesse o resultado, não tinha participado". Isto, depois de ter confessado que se sentiu "mal" por ter a mãe atrás dele na final, "a ver que o filho não foi vencedor".

Leia a reportagem completa na TV Guia desta semana, já nas bancas.

Vai gostar de

você vai gostar de...

Mais Lidas

+ Lidas

Instagram

Instagram

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diariamente todas as noticias de forma confortável
Subscrever