'

Notícia

Big Brother - Desafio Final

Sury Cunha desmascara Leandro e revela novas acusações

A empresária garante estar farta das mentiras do ex-companheiro.
Por Hugo Alves | 13 de maio de 2022 às 20:49
Leandro recorda passado traumático num bairro em guerra
Leandro
Leandro
Leandro
Leandro
Leandro
Leandro
Leandro
Leandro
Leandro
Leandro
Leandro
Leandro
Leandro
Leandro
Leandro
Leandro
Leandro
Leandro
Leandro
Leandro

Leandro já mencionou diversas vezes ter o apoio do filho mais velho, Simão, de 9 anos, na sua participação no 'Big Brother'. Chegou, inclusive, na 'Curva da Vida' a revelar que tinha contado ao menino, a pedido deste, tudo o que se passou entre ele e Sury Cunha e a razão para mal se darem. E que no fim ambos se abraçaram.

Agora, a organizadora de eventos quer desmentir o que tem ouvido na televisão. "O meu filho já me disse não perguntou nada ao pai, foi ele que lhe quis contar a sua versão e usa o filho para se vitimizar. Tanto que o menino já me disse que não abraçou o pai em momento algum", diz à 'TV Guia' Sury Cunha, preocupada com a possibilidade de esta situação traumatizar a criança.

"Ele está a ouvir estas barbaridades que o pai diz sem precisar. Para terem noção, o meu filho está a ter acompanhamento psicológico pois ficou traumatizado com isto. Ele hoje em dia nem sequer quer ver o 'BB'. Não quer ver o pai. Diz que não vale a pena. Especialmente porque ele lhe prometeu que não ia falar de mim e quebrou a promessa. Quem é que faz isto a uma criança?"

Tribunal vai ter todas as provas

Na terça-feira, dia 10 de maio, realizou-se a primeira audiência do processo que Sury colocou contra Leandro depois de este ter agredido o atual marido da jovem. Um processo que ela acha que vai ser longo.

"Tenho oito testemunhas que estavam no café no dia que ele agrediu o meu marido e ainda vão ter de ser ouvidos os seguranças que foram com o Leandro fazer o estrago… e ele", diz à TV Guia. Só que ao contrário do que aconteceu no passado, a empresária acha que desta vez o processo vai condenar o cantor.

"O tribunal quer ver os exames onde o meu marido foi socorrido, o hospital militar, e ainda dos três dias que ele esteve internado com coágulos na cabeça no Santa Maria. Papéis, faturas. E não tenho medo de dizer que só espero que o Leandro seja condenado. Desta vez há provas", garante, concluindo: "Isto não é como da outra vez que ele foi ilibado por falta de provas. Ou ele esquece-se que me agrediu com pontapés na cabeça?", questionou.

A carregar o vídeo ...
Veja a reação de Leandro após pergunta de seguidor sobre Bruno de Carvalho

Vai gostar de

você vai gostar de...

Mais Lidas

+ Lidas

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diariamente todas as noticias de forma confortável
Subscrever