'

Notícia

THE MAG - The weekly magazine by Flash!

A luta de Leonor Poeiras continua: a "roupa suja" que já foi "lavada" em tribunal no caso em que exige mais de 1 milhão de euros à TVI

Os meses passam e o caso continua sem conhecer um desfecho. Leonor Poeiras vive em angústia permanente com os constantes adiamentos do processo em que exige uma indemnização milionária à TVI. Desde que foi dispensada, garante, vive deprimida, nunca mais teve de trabalho e já teve de se mudar para um monte no Alentejo por falta de dinheiro.
22 de setembro de 2022 às 23:16
...
Leonor Poeiras
Desde que ficou sem trabalho na TVI, depois de 17 anos ao serviço do canal [a recibos verdes] e que decidiu enfrentar a estação em tribunal que Leonor Poeiras tem a vida em suspenso. A apresentadora, de 42 anos, perdeu qualquer tipo de rendimento fixo, não voltou a conseguir trabalhos na área da comunicação e, desde fevereiro deste ano, altura em que o julgamento contra a estação de Queluz de Baixo começou, vive numa ansiedade constante.

Caso de Leonor Poeiras contra a TVI chega à Justiça
Leonor Poeiras
Leonor Poeiras
Leonor Poeiras
Leonor Poeiras
Leonor Poeiras
Leonor Poeiras
Leonor Poeiras
Leonor Poeiras
Leonor Poeiras
Leonor Poeiras
Leonor Poeiras
Leonor Poeiras
Leonor Poeiras
Leonor Poeiras
Leonor Poeiras
Leonor Poeiras
Leonor Poeiras
Leonor Poeiras
Leonor Poeiras
Leonor Poeiras
Em tribunal, Leonor exige ao canal onde fez carreira 1,2 milhões de euros por a ter dispensado de uma hora para a outra sem qualquer aviso ou justificação. Durante o seu depoimento, a apresentadora contou que foi Nuno Santos quem prescindiu dos seus serviços, de forma muito crua e direta. "Enquanto meu diretor, foi muito injusto e desagradável. Eu estava preocupada por, em cinco meses, apenas ter trabalhado 11 dias úteis e já vinha com queixas para essa reunião. Durante toda a reunião ele foi muito desagradável comigo, muito paternalista, e sempre a subestimar-me", disse Leonor, acrescentando que nesse encontro com Nuno Santos lhe fez saber as suas angústias.

"A minha outra questão foi: a TVI está sem rumo e queria formalizar a nossa relação. Foi aí que ele disse que não havia nada a formalizar, que não tinha qualquer vínculo com a TVI. Magoou-me ouvir isto de um estranho. Disse que estava fora de questão fazer contrato e que não tinha nada para mim. Que podia ir procurar noutro sítio, nomeadamente na Antena 3. Isto foi humilhante."

A carregar o vídeo ...
Leonor Poeiras deixa agradecimento especial a quem a aguardava à porta do Tribunal
Depois dessa conversa com Nuno Santos, e que levou à sua saída da TVI, Leonor Poeiras garante que nunca mais foi a mesma e que precisou de começar a ser medicada. "Fiquei com uma depressão e sou medicada até aos dias de hoje. A nível pessoal, ouvir um diretor dizer que não tem nada para mim deixou-me em pânico".


PROGRAMAS DE BAIXO NÍVEL


Durante o seu testemunho em tribunal, Leonor Poeiras recordou ainda as humilhações a que foi exposta nos últimos anos a trabalhar para a TVI, nomeadamente quando apresentou o programa 'Quem Quer Casar com o Meu Filho', em 2019. "Percebi que aquilo ia tomar um rumo diferente. Fiquei constrangida. As mulheres tinham todas muito mau ar e já estavam a ter comportamentos ordinários ainda antes de o programa começar. (…) Uma delas até era prostituta. Não faço programas de baixo nível", afirmou em tribunal.

O percurso de Leonor Poeiras nos reality shows da TVI
Na 4.ª temporada do 'Casa dos Segredos', em 2013, onde apresentava o 'Extra'.
Ao lado de José Carlos Araújo no 'Fear Factor - Desafio Total', em 2004, projeto da Endemol, gravado na Argentina. Foi o seu primeiro grande projeto na TVI.
Leonor Poeiras apresentou 'Perdidos na Tribo', em 2011
Enquanto conduzia o diário noturno do 'Secret Story 2', em 2011.
No 'Secret Story - Desafio Final', em 2013
Na quarta edição da 'Casa dos Segredos'
No 'Secret Story 5', em 2014.
Leonor Poeiras, Secret Story
Leonor Poeiras, José Carlos Araújo, Fear Factor
Leonor Poeiras, Perdidos na Tribo
Leonor Poeiras, Secret Story 2
Leonor Poeiras, Secret Story
Leonor Poeiras, Secret Story
Leonor Poeiras, Secret Story
"Estava a ser humilhada. Propus, inclusive, mudanças de conteúdo para salvar o programa, que supostamente foram aceites, mas era tudo a fingir."

Este foi, aliás, um dos assuntos abordados com Cristina Ferreira quando a apresentadora esteve em tribunal. Enquanto diretora de entretenimento do canal, a estrela foi questionada sobre o que acontece a um rosto quando este decide recusar um programa que lhe é proposto. A resposta foi clara e pode ter deixado a TVI em maus lençóis. Em tribunal, Cristina disse que o profissional pode recusar o que lhe é proposto, mas que tem de estar consciente das consequências que daí possam advir.

"Pode é não existir mais nada a seguir, se recusarmos",  afirmou, para de seguida corrigir. "Não significa que não voltem a convidar, não sabemos é que outro convite pode surgir a seguir".

A vida de Leonor Poeiras desde que foi dispensada da TVI
leonor poeiras
leonor poeiras
leonor poeiras
leonor poeiras
leonor poeiras
leonor poeiras
leonor poeiras
leonor poeiras
leonor poeiras
leonor poeiras
leonor poeiras
leonor poeiras
leonor poeiras
leonor poeiras
leonor poeiras
leonor poeiras
leonor poeiras
leonor poeiras
leonor poeiras
leonor poeiras
leonor poeiras
leonor poeiras
leonor poeiras
leonor poeiras
Outro depoimento relevante para Leonor Poeiras em tribunal foi o do ex-companheiro e pai do filho, Miguel Braga. O diretor de Comunicação do Sporting esteve para confirmar o drama já confirmado por Poeiras, que garantiu que a TVI a impediu de abandonar as gravações do programa no dia em que o filho foi agredido. "A Leonor disse-me que lhe sugeriram que alguém da produção fosse buscar o nosso filho", partilhou Miguel Braga, que afirmou ter a convicção de que se a ex-mulher contrariasse aquilo que lhe estava a ser pedido que "seria despedida".


MEDO E ANGÚSTIA

Ao longo dos últimos meses, e com o processo contra a TVI em tribunal a sofrer sucessivos adiamentos, Leonor Poeiras admite que tem vivido angustiada. A apresentadora, que garante que já teve de vender um monte no alentejo porque não tinha dinheiro para o pagar, admite que todas as portas lhe têm sido fechadas na área da comunicação e que teme pelo seu futuro profissional.

A carregar o vídeo ...
A apresentadora foi obrigada a desfazer-se do património.
No entanto, garante que agora vai lutar até ao fim por aquilo em que acredita. recorde-se que em causa está 1 milhão 286 mil 608 euros e 20 cêntimos - o pedido de indemnização da antiga apresentadora à estação. 

"Às vezes perguntam-me onde arranjei coragem para processar a TVI, um grupo de comunicação tão grande e eu tão pequenina... mas quando já não tens nada a perder (nem o teu emprego), são os teus verdadeiros valores que te empurram. A tristeza, o vazio, a ansiedade e o medo fazem parte da vida. Mas também a verdade e a justiça. Segue sempre em frente, mesmo não sabendo o que aí vem [...] Atualmente, aguardo que a minha carreira de 17 anos neste canal seja reconhecida pela justiça portuguesa. O que vai acontecer depois não sei, mas sei que comunicar está no meu ADN."




Vai gostar de

você vai gostar de...

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diariamente todas as noticias de forma confortável
Subscrever