Notícia

Escândalo

Ex-Miss Bumbum revela que teve sexo anal violento com Cristiano Ronaldo: "Fiquei uma semana dorida"

Andressa Urach revelou encontro escaldante com CR7, que fez colocar em risco o namoro com Irina Shayk.
12 de outubro de 2018 às 11:00
O polémico encontro de Cristiano Ronaldo com a Miss Bumbum Andressa Urach volta a assombrar o jogador 5 anos depois de a estrela de televisão brasileira ter revelado os detalhes ao 'The Sun'.

Andressa Urach, que há 3 anos afastou-se dos palcos por questões de saúde, já tinha afirmado em 2013 um suposto lado agressivo do craque português no ato sexual, semelhante ao que a norte-americana Kathryn Mayorga denunciou em declarações à revista alemã 'Der Spiegel'.

Só que a brasileira garante que a aventura sexual que diz ter vivido com Cristiano Ronaldo foi vivida de forma completamente consensual. Mais: ela é que tudo fez para que esse encontro se realizasse. 

CR7 negou o encontrou e ameaçou processar a modelo, coisa que até ao momento não aconteceu. 

Em entrevista ao programa 'Pânico na Band', há 5 anos, Andressa afirmou ter feito sexo anal com CR7 no alegado encontro que decorreu naquele mesmo ano no hotel Villa Magna, em Madrid

"Você perguntou, eu respondi", acrescentou Andressa em conversa com Edu Sterblich. "Estou dizendo com exclusividade para você, já que nunca me perguntaram isso. Fiquei uma semana dolorida [dorida]", revelou a modelo, que já esteve em Portugal.

Quem não gostou nada das declarações públicas, além de CR7, foi Irina Shayk, modelo russa com quem namorava na altura do encontro com a brasileira.

NOVA VIDA DEPOIS DOS EXCESSOS

O encontro entre os 2 terá ocorrido numa altura em Ronaldo namorava com Irina Shayk. Dois anos depois, Andressa lançou a biografia 'Morri para Viver' - após uma forte infecção devido à aplicação de hidrogel nas pernas -, na qual revela várias polémicas, incluindo que era prostituta de luxo e esteve envolvida com drogas.

No capítulo sobre Cristiano Ronaldo garante: ela não cobrou pela hora de sexo com o craque e até pediu desculpas pelas declarações que fez à imprensa internacional no passado.

"Quando eu deixei o elevador privativo, meu coração estava acelerado e eu corri para a porta aberta. Era ele em pessoa, Cristiano Ronaldo. Sorrindo, ele me convidou e falamos rapidamente sobre o que ia ocorrer. Ele então me agarrou e tivemos uma relação sexual intensa. Ao contrário do que eu imaginava, ele era um cara bem agressivo na cama. Passamos menos de uma hora no quarto", lê-se no livro.

"Ao saber da reportagem, Cristiano Ronaldo ligou-me enfurecido e eu argumentei: 'Você me tratou mal. Eu só queria tirar uma foto de fã. Você me deixou plantada como idiota durante horas'. Contei tudo mesmo", continuou. "A reação dele foi explosiva, chegando ao ponto de me escrever ameaças. 'O dinheiro que você ganhou, vai perder para pagar os seus curativos' [...] Hoje, uso este livro de memórias para publicamente pedir perdão a Cristiano Ronaldo e a sua então namorada, Irina."

Sobre a acusação que agora paira em Las Vegas sobre CR7, Andressa nada disse até ao momento.

A carregar o vídeo ...

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!

Newsletter

Subscrever Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável