Notícia

Casas Reais

Bomba! Ex-amante de Juan Carlos revela atos cruéis do rei e como ele lhe contou que tinha "outras amantes"

Corinna deu uma entrevista intimista em que conta detalhes da relação com Juan Carlos... e a forma dramática como acabou.
21 de agosto de 2020 às 15:29
Família real alemã apaga ligação com amante de Juan Carlos
A amante de Juan Carlos, Corinna zu Sayn-Wittgenstein, tem uma história de conflito não só com a família real espanhola. Também criou inimigos na Alemanha
 Corinna, 47 anos, nunca agradou a família do seu ex-marido, o príncipe Casimir zu Sayn-Wittgenstein
Corinna e Casimir casaram em segredo em Londres, em 2000, e a relação durou até 2005. Mas o fato de ser divorciada e 8 anos mais velha que o marido nunca agradou os Sayn-Wittgenstein. O casal teve um filho, Alexander
A princesa alemã não esconde a "amizade especial" com o rei Juan Carlos e a sua antiga família faz questão de esquecer todo o passado de Casimir e Corinna
No site oficial da família real alemã não existem referências a Corinna, apesar de ser mãe do prínicipe Alexander e de ter passado 5 anos na casa real. A única sugestão pela passagem dela é quando dizer que Casimir tem "um filho, Alexander Kyril, que reside no Reino Unido, fruto de uma relação anterior"
Pelo contrário, quem está a conquistar os corações dos amantes da antiga monarquia alemã é a substituta de Corinna, a noiva de Casimir zu Sayn-Wittgenstein, Alana Bunte, uma modelo norte-americana de 27 anos
Casimir, de 45 anos, e Alana vão se casar este ano (a data não foi revelada)
A dúvida agora é saber se ao se tornar princesa Alana zu Sayn-Wittgenstein a amante do rei de Espanha perde o título real
Alana Bunte, Casimir zu Sayn-Wittgenstein
Alana Bunte, Casimir zu Sayn-Wittgenstein
Alana Bunte, Casimir zu Sayn-Wittgenstein
Alana Bunte, Casimir zu Sayn-Wittgenstein
Alana Bunte, Casimir zu Sayn-Wittgenstein
Alana Bunte, Casimir zu Sayn-Wittgenstein
Alana Bunte, Casimir zu Sayn-Wittgenstein
 Corinna zu Sayn-Wittgenstein
 Corinna zu Sayn-Wittgenstein
 Corinna zu Sayn-Wittgenstein
 Corinna zu Sayn-Wittgenstein
 Corinna zu Sayn-Wittgenstein
Alana Bunte, Casimir zu Sayn-Wittgenstein
Alana Bunte, Casimir zu Sayn-Wittgenstein
Alana Bunte, Casimir zu Sayn-Wittgenstein
Alana Bunte, Casimir zu Sayn-Wittgenstein
Alana Bunte, Casimir zu Sayn-Wittgenstein
Alana Bunte, Casimir zu Sayn-Wittgenstein
Alana Bunte, Casimir zu Sayn-Wittgenstein
Alana Bunte, Casimir zu Sayn-Wittgenstein
Alana Bunte, Casimir zu Sayn-Wittgenstein
Alana Bunte, Casimir zu Sayn-Wittgenstein
A ex-amante de Juan Carlos Corinna zu Sayn-Wittgenstein revelou o seu maior choque na relação: Quando descobriu que não era a única amante.

"O meu pai sofria com um cancro no pâncreas e tinha apenas alguns meses de vida. Então eu decidi passar algum tempo com ele, nós éramos muito próximos. Para o meu grande choque, logo após o seu funeral, o rei [Juan Carlos] disse-me que tinha uma relação com outra mulher há três anos", contou Corinna na entrevista publicada esta semana pela 'BBC'. 

Nesta altura, Corinna e Juan Carlos namoravam há cinco anos e o pai de Felipe VI tinha feito um pedido de casamento à empresária, embora não tenha revelado como isto ia funcionar com a rainha Sofía.

"Literalmente, devastou-me. Era a última coisa que eu esperava. Eu precisava de apoio emocional depois da morte do meu pai e esta notícia foi um choque monumental para mim, emocionalmente. Não estava nada à espera depois de ele me ter pedido em casamento e de ter ido ver o meu pai. Estive muito mal por alguns meses".

A carregar o vídeo ...
Corinna garante que na altura pensava ter uma relação exclusiva com Juan Carlos, sem contar com a rainha Sofía, que supostamente tem um acordo com o marido em nome da coroa espanhola.

"Eu tinha sido muito clara que não ia tolerar que ele tivesse relações com outras mulheres ao mesmo tempo. Penso que depois ele ficou mortificado pelo que fez, mas para mim aquilo era algo que eu não podia ultrapassar". 

Ali terá acabado o namoro de Juan Carlos e Corinna, em 2009, mas os dois mantiveram-se próximos, em parte pela relação que o rei emérito tem com um dos filhos da princesa alemã, Alexander. 

A carregar o vídeo ...

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!
Dina Fonseca Há 2 semanas

Procurando uma garota por uma noite? Bem-vindo - http://3sex.club

PORTUGUÊS GENUÍNO* 24.08.2020

Srª Corinna zu Sayn-Wittgenstein,
Seria de bom tom,respeitarmos afincadamente alguém,com quem tivemos alguma espécie de relação,independentemente qual ela seja,porque a gabarolice,parta de um homem ou de uma mulher,não se coaduna, com a forma condizente de nos encontrarmos em sociedade,nem que para isso,naturalmente,tenhamos de fingir e abafar o nosso próprio interior, suplique ele por uma amor atroz ou por um affaire de loucura. A senhora não o fez,lá terá as sua razões,respeitá-la-ei, no entanto torna-se de todo inadmissível,que depois de se fechar a torneira monetária , do monarca,tenha falado para uma entrevista intimista, acerca do seu relacionamento com o Rei D. JUAN CARLOS (muito feio estes desabafos).Admiro-me no entanto, não ter focado o caso dos Euros que sua majestade lhe ofereceu, cerca de 43.000.000,enquanto durou a doideira.O Amor desta forma não resiste:compra-se e a SRª, vendeu-o,agora que fazer?ACABOU-SE?Temos pena, Mas por favor não nos tome por ANTAS, somos dignos.

PORTUGUÊS GENUÍNO* 24.08.2020

Uma chamada de atenção ao movimento #MeToo. A srª Corinna zu Sayn-Wittgenstein, amante confessa do Rei D.Juan Carlos, deveria ser chamada a atenção por aquele que diz ser o maior defensor das feministas desprotegidas e essencialmente quando elas sacam milhares de dólares e não se inibem de apregoar à boca cheia o seu feito. Se nada disto acontecer o movimento nunca passará de um grupo de déspotas que se juntou, para apenas sugar o dinheiro de muito anjinho que se arrasta por essa terrinha, que caiem nas artimanhas de peruas endeusadas, como se tratasse de gente NOBRE, essencialmente assanhadas,. mas já em desuso e alimentadas a carvão, do mais ordinário possivel Como lamento que haja quem vos ofereça a dignidade em troca de alguma comissão que naturalmente cobrem, SANGUESSUGAS NOJENTAS.

Anónimo 21.08.2020

Coitada da virgem inocente!

ver mais comentários

Mais Lidas

+ Lidas

Instagram

Instagram

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável

;