'

Notícia

A FLASH! já está no WhatsApp.
Siga-nos!
Seguir
Casas Reais

O cancro de Carlos III. A história oculta por trás do comunicado que chocou o Reino Unido

Antes de a condição oncológica do rei Carlos III ter sido divulgada à nação, foram vários os desenvolvimentos que são agora revelados, e estão ligados a Camilla e aos príncipes Harry e William.
09 de fevereiro de 2024 às 17:04
As primeiras imagens do rei Carlos III após ter sido revelado o diagnóstico de cancro
Rei Carlos III, Rainha Camilla
Rei Carlos III, Rainha Camilla
Rei Carlos III, Rainha Camilla
Rei Carlos III, Rainha Camilla
Rei Carlos III, Rainha Camilla
Rei Carlos III, Rainha Camilla
Rei Carlos III, Rainha Camilla
Rei Carlos III, Rainha Camilla
Rei Carlos III, Rainha Camilla
Rei Carlos III, Rainha Camilla
Rei Carlos III, Rainha Camilla
Rei Carlos III, Rainha Camilla

O Reino Unido anoiteceu em choque com a revelação de que o rei Carlos III sofria de cancro, anúncio que foi feito em comunicado pelo Palácio de Buckingham à nação, no passado dia 5. Contudo, há detalhes sobre toda esta situação delicada que até agora foram mantidos a sete chaves.

Pilar Eyre, conhecida colunista especializada em realeza, sublinha que Carlos III já sabia desta condição desde o dia 17 de janeiro, quando o palácio desvendou que o monarca de 75 anos se teria de dirigir ao hospital para tratar uma hiperplasia benigna da próstata. Foi aí que o cancro foi descoberto pela equipa médica que observava o rei.

"Quando o vimos a passar com a Camilla, pensámos que era uma pessoa saudável, mas estavam abatidos. Ela, no dia que foi descoberto o cancro, visitou uma unidade oncológica num hospital e deve ter passado muito mal ao saber que o seu marido, que ama tanto, também padecia de cancro", afirma no seu canal de YouTube, em declarações citadas pela 'Lecturas'.

Pilar Eyre refere que, quando o comunicado foi divulgado, toda a família estava já ciente da situação, menos o príncipe Harry, que foi avisado nesse dia. Para isso, a colunista só tem uma explicação: "O pai não se fiava de que o filho mantivesse segredo." Por fim, opina que estas circunstâncias não serão, mesmo assim, suficientes para remendar as relações familiares: "Não me parece que as coisas fiquem resolvidas, pelo menos neste momento. Pensávamos que, com isto do pai, os irmãos se uniriam, e não foi assim."

Saber mais sobre

Vai gostar de

você vai gostar de...

Mais Lidas

+ Lidas