'

Notícia

surpresa

Clara de Sousa atira "farpa" a Rodrigo Guedes de Carvalho e diz que ele teve uma postura paternalista durante pandemia

O rosto feminino do 'Jornal da Noite' da SIC assume que não estaria "confortável" em apresentar as notícias com a postura adoptada durante a pandemia por Rodrigo Guedes de Carvalho e Bento Rodrigues. "Não quis ir tão longe", diz Clara de Sousa.
21 de novembro de 2021 às 11:09
...
Clara de Sousa, Rodrigo Guedes de Carvalho

Rodrigo Guedes de Carvalho foi elogiado por muitos e também criticado por outros perante a postura que adotou durante a pandemia no 'Jornal da Noite', dando muitas vezes conselhos e alertado para os comportamentos de riscos. O pivô da SIC deixou transparecer mais as suas emoções, atitude adotada também por Bento Rodrigues, o pivô da hora do almoço. Quem manteve sempre o mesmo tom e postura foi Clara de Sousa.

Agora, a pivô que é líder de audiências explica por que nao quis seguir o caminho dos colegas e adoptar uma postura que, diz, é paternalista. 

A carregar o vídeo ...
Rodrigo Guedes de Carvalho volta a usar Jornal da Noite para dar mensagem inspiradora

Em entrevista ao Expresso, Clara de Sousa foi questionada sobre a postura de Rodrigo Guedes de Carvalho, que assumiu uma atitude mais incisiva e ela manteve-se equidistante. "Não era necessário termos todos o mesmo registo. Somos pessoas diferentes, e comunicamos de forma diferente. O Bento [Rodrigues] também optou por esse tipo de comunicação, que não é melhor nem pior do que a minha. Eu tenho sempre receio: onde é que é o limite? Quão equidistante me posso manter? Qual é a margem de segurança no meu desempenho independente e atento? Tenho várias formas de comunicar com as pessoas noutros formatos. Ali, pessoalmente, não quis ir tão longe. Achei que não era a minha forma de comunicar. Opto sempre por manter uma posição mais equidistante no jornalismo. O Rodrigo achou que aquela era a forma dele, tal como o Bento, e as pessoas gostaram. Achei que não tinha de dar ainda mais força a uma componente de aviso que pudessem considerar mais paternalista. Não estaria confortável se a minha postura não fosse essa", respondeu a jornalista, que dá uma grande entrevista à revista do semanário.

A carregar o vídeo ...
Bento Rodrigues revela que entrou em isolamento

E acrescenta que a postura adoptada por todos não foi discutida entre eles. "Temos a nossa autonomia enquanto comunicadores. Comunicamos como queremos. E isso é positivo. Essa é uma das riquezas da SIC. A direção de informação dá-nos liberdade, e mal seria se não fosse assim, atendendo à nossa idade e experiência. Quem se virou contra a abordagem mais emocional da questão até foram os jornalistas. Mas eu não trabalho para os jornalistas. Trabalho para as pessoas. Se fosse atrás do que os jornalistas dizem nunca me tinha metido na cozinha. Está tudo bem, se houver colegas que acham bem ou mal. Não estou a violar o código deontológico e a rebentar com a questão ética. Sou pela verdade, e ser jornalista é isso. É ser pela verdade, seja no jornalismo seja no resto da vida. Tenho de me sentir bem. Na altura, também houve pessoas, colegas, que me apelaram que fosse por esse lado mais paternalista", rematou, sobre este tema.

Nesta mesma entrevista Clara fala da sua infância e juventude, vivida em Cascais mas sem os luxos a que normalmente se associa quem vive na Linha. Pelo contrário, a jornalista diz que nunca teve "fiambre ou queijo Flamengo em casa". 

Vai gostar de

você vai gostar de...

Mais Lidas

+ Lidas

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diariamente todas as noticias de forma confortável
Subscrever