'

Notícia

Drama

Pesadelo de Luísa Castel-Branco: depois da covid-19 luta contra as sequelas, obrigada a "drogar-se" a ela própria

A escritora esteve 14 dias infetada, já teve alta, mas continua “muito afetada”. Cansada, sem olfato ou paladar, recorda que tem outros problemas de saúde, como rinite e diabetes.
Por João Bénard Garcia | 14 de janeiro de 2022 às 17:46
Luísa Castel-Branco: Vida de sofrimento e doença
Luísa Castel-Branco, doença, autoimune, tuberculose, sofrimento, escritora
Luísa Castel-Branco, doença, autoimune, tuberculose, sofrimento, escritora
Luísa Castel-Branco, doença, autoimune, tuberculose, sofrimento, escritora
Luísa Castel-Branco, doença, autoimune, tuberculose, sofrimento, escritora
Luísa Castel-Branco, doença, autoimune, tuberculose, sofrimento, escritora
Luísa Castel-Branco, doença, autoimune, tuberculose, sofrimento, escritora
Luísa Castel-Branco, doença, autoimune, tuberculose, sofrimento, escritora
Luísa Castel-Branco, doença, autoimune, tuberculose, sofrimento, escritora
Luísa Castel-Branco, doença, autoimune, tuberculose, sofrimento, escritora
Luísa Castel-Branco, doença, autoimune, tuberculose, sofrimento, escritora
Luísa Castel-Branco, doença, autoimune, tuberculose, sofrimento, escritora
Luísa Castel-Branco, doença, autoimune, tuberculose, sofrimento, escritora
Luísa Castel-Branco, doença, autoimune, tuberculose, sofrimento, escritora
Luísa Castel-Branco, doença, autoimune, tuberculose, sofrimento, escritora
Luísa Castel-Branco, doença, autoimune, tuberculose, sofrimento, escritora
Luísa Castel-Branco, doença, autoimune, tuberculose, sofrimento, escritora
Luísa Castel-Branco, doença, autoimune, tuberculose, sofrimento, escritora
Luísa Castel-Branco, doença, autoimune, tuberculose, sofrimento, escritora
Luísa Castel-Branco, doença, autoimune, tuberculose, sofrimento, escritora
Luísa Castel-Branco, doença, autoimune, tuberculose, sofrimento, escritora
Luísa Castel-Branco, doença, autoimune, tuberculose, sofrimento, escritora
Luísa Castel-Branco, doença, autoimune, tuberculose, sofrimento, escritora
Luísa Castel-Branco, doença, autoimune, tuberculose, sofrimento, escritora
Luísa Castel-Branco, doença, autoimune, tuberculose, sofrimento, escritora
Luísa Castel-Branco, de 67 anos de idade, teve alta médica da covid-19 na segunda-feira, 10, depois de 14 dias infetada com o vírus. "Estava diagnosticada desde 27 de dezembro, quando o teste deu positivo, e ontem (domingo, 9), senti-me melhor, mas continuo muito afetada com a minha rinite", descreveu a escritora e comentadora televisiva à 'TV Guia'.

Luísa Castel-Branco confessa à mesma publicação que se sente "exausta" e descreve quais têm sido os sintomas da covid-19, que, misturados com a rinite de que padece há muito, a continuam a afetar no dia a dia. "Tive subidas de tensão, dificuldade em respirar, só respiro pela boca e quando dou uns passos fico cansadíssima. Também perdi o olfato e o paladar... É muito estranho meteres comida à boca e não te saber a nada."

A Covid-19 afetou a ex-jornalista numa altura em que tinha conseguido mudar o seu estado de espírito e a sua postura em relação às doenças autoimunes de que padece há várias décadas. "Estou com um espírito muito positivo", garantiu à 'TV Guia' durante o cocktail da sua editora, a ContraPonto, dias antes de ter sido apanhada pelo vírus, acrescentando então: "Agora decidi que não me apetece estar doente. Tenho duas doenças autoimunes, agora também tenho diabetes, que é uma consequência das minhas outras doenças, mas resolvi que não lhes dou confiança. Tomo todas as semanas duas injeções, de medicamentos biológicos, na perna e na barriga. Drogo-me a mim mesma..."

A carregar o vídeo ...
A atriz contratou um músico para surpreender a mãe.
Leia a notícia completa na edição desta semana da 'TV Guia', já nas bancas.

Vai gostar de

você vai gostar de...

Mais Lidas

+ Lidas

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diariamente todas as noticias de forma confortável
Subscrever