'

Notícia

Comunicados Imprensa

Valores abre quatro agências na Grande Lisboa

Portugueses recorrem à venda de ouro com opção de compra, motivados pelo valor sentimental e estima pelas peças
13 de abril de 2021 às 12:16
...
Numa altura em que cada vez muitas famílias estão a vender peças para fazer face à crise Covid e o ouro está a registar um valor de 50€/gr e a onça está próxima dos 2000 USD, a Valores retoma as aberturas com quatro agências na Grande Lisboa, em abril: Expo, Mercês, Queluz e Rua do Ouro.
Expo Av D. João II, Nº23B – 9 de abril
Mercês CP - Estação das Mercês – 12 de abril
Monte Abraão CP - Estação de Queluz – 14 de abril
Rua do Ouro . Rua Aurea 283 – 16 de abril
 
Nas 46 lojas abertas "verifica-se a crescente adesão ao serviço VOC - Venda com Opção de Compra, porque permite às pessoas voltarem a comprar os artigos de ouro, prata ou relógios que venderam, pagando até 24 prestações. Criámos esta opção para permitir às pessoas a possibilidade de gerirem as suas finanças pessoais e continuarem proprietárias dos bens que, muitas vezes, assumem um forte valor sentimental ou pela qualidade das peças", adianta o CEO JChester. De salientar que a modalidade de venda com opção de compra é uma tendência que "representa cerca de 25 por cento do volume de faturação de 9M€ da Divervalor", acrescenta.
 
A abertura das quatro agências resulta num investimento de cerca de 200 mil euros realizado por António Ribeiro – o Franchisado XL Valores que já tem agências em Matosinhos, Valença, Rio Tinto e na Maia. E as perpsetivas de faturação são de 300 mil euros, por ano, em cada agência.
 
António Ribeiro confessa que conhece a Valores desde 2008, mas só agora lhe é possível "agarrar a oportunidade e arriscar ser franchisado da marca", admite o investidor de 50 anos.
 
SOBRE A VALORES – ESPECIALISTAS EM OURO
 
A Valores tem 46 agências abertas, das quais 18 franchisadas.
O Grupo assume-se na pole position da corrida no mercado do ouro, fruto do investimento próximo dos 2M€ que está a fazer desde 2020. De acordo com informação transmitida pelo CEO, a Valores "deverá fechar 2021 com um volume de faturação de 20M€, contra os 9M€ de 2020. A expansão do franchising vai traduzir-se na criação de 70 postos de trabalho, que se juntarão aos 43 colaboradores da sede e da rede de 26 agências próprias."
 
A empresa dedica-se à comercialização e reciclagem de metais preciosos, desde 2008, com o principal objectivo de proporcionar aos consumidores uma forma segura, conveniente e confiável de vender objetos em ouro, platina e prata e também jóias.

Inovou na criação do negócio em regime de franchising, tendo uma rede de 230 agências abertas em 2011. Depois, deixou de franchisar por vários anos, por opção.
 
Composta por uma equipa de cerca de meia centena de profissionais com uma vasta experiência na avaliação de jóias e na transformação de metais preciosos para a indústria e investidores.
 

Vai gostar de

você vai gostar de...

Mais Lidas

+ Lidas

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diariamente todas as noticias de forma confortável
Subscrever