'

Notícia

Lifestyle

Johnson & Johnson adia entregas da vacina contra a Covid-19 na Europa após coágulos nos EUA

A farmacêutica anunciou em comunicado que decidiu adiar a disponibilização da vacina contra a Covid-19 na Europa.
13 de abril de 2021 às 15:24
...
Após a suspensão da vacina nos Estados Unidos, anunciada esta manhã, a Johnson & Johnson decidiu adiar a entrega da vacina na Europa.

Esta manhã foi anunciado pelo regulador norte-americano, a FDA, e o Centro para o Controlo de Doenças (CDC) a suspensão da administração da vacina no país, após terem sido detetados seis casos de coágulos sanguíneos em pessoas que receberam esta vacina.

Através de comunicado, a J&J anuncia que vai adiar a chegada da vacina à Europa, indicando que está a colaborar com as autoridades europeias para analisar os casos de coágulos detetados. De acordo com o anúncio da FDA, foram detetados coágulos em seis mulheres com idades entre os 18 e os 48 anos, tendo uma delas morrido e outra encontra-se em estado crítico. As pacientes desenvolveram os coágulos no espaço de duas semanas após a toma da vacina.

A vacina desenvolvida pela Janssen, uma das empresas da farmacêutica, começaria a ser disponibilizada na Europa esta semana.

Ao contrário das restantes vacinas aprovadas pela Agência Europeia do Medicamento, a vacina da Johnson & Johnson é de dose única - algo que poderia ajudar a União Europeia a avançar na campanha de vacinação, já que Bruxelas esperava receber 
cerca de 55 milhões de doses. 

Nos Estados Unidos, a vacina da J&J já foi administrada a cerca de 6,8 milhões de pessoas.

Vai gostar de

você vai gostar de...

Mais Lidas

+ Lidas

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diariamente todas as noticias de forma confortável
Subscrever