'

Notícia

THE MAG - The weekly magazine by Flash!

Marcelo Rebelo de Sousa volta para os braços de Rita, a "eterna namorada" que dá ponderação e calma ao Presidente

Foi uma pausa no amor que os unia desde 1981. Afinal Marcelo Rebelo de Sousa regressou para o colinho da amada que lhe dá estabilidade. O regresso ao convívio com Rita Amaral Cabral notou-se logo no comportamento de "Celinho": está mais calmo, mais sensato e mais estratega. Conheça toda a história da mulher que é o peso de estabilidade na balança do Chefe de Estado, com quem tem, segundo uma pessoa muito próxima do casal, "uma relação mais do foro intelectual do que físico".
João Bénard Garcia
João Bénard Garcia
12 de janeiro de 2023 às 23:25
As férias românticas de Marcelo Rebelo de Sousa
marcelo rebelo de sousa, rita amaral cabral
marcelo rebelo de sousa, rita amaral cabral
marcelo rebelo de sousa, rita amaral cabral
marcelo rebelo de sousa, rita amaral cabral
marcelo rebelo de sousa, rita amaral cabral
marcelo rebelo de sousa, rita amaral cabral
marcelo rebelo de sousa, rita amaral cabral
marcelo rebelo de sousa, rita amaral cabral
marcelo rebelo de sousa, rita amaral cabral
marcelo rebelo de sousa, rita amaral cabral
marcelo rebelo de sousa, rita amaral cabral
marcelo rebelo de sousa, rita amaral cabral
marcelo rebelo de sousa, rita amaral cabral
marcelo rebelo de sousa, rita amaral cabral

O amor e a amizade venceram todas as distrações e novidades excitantes que o Palácio de Belém trouxe ao coração e ao espírito do Presidente da República Marcelo Rebelo de Sousa, de 74 anos. Dois anos depois de, subitamente, terem rompido a relação, após mais de 40 anos de um namoro nunca oficializado, eis que Rita Amaral Cabral, de 68 anos, a jurista e ex-discípula e ex-colega na Faculdade de Direito de Lisboa do professor mais famoso de Portugal, que, desde os seus 26 anos, tem por Marcelo um amor e uma fidelidade incondicionais, voltou ao convívio íntimo com o Chefe de Estado.

É verdade. O casal reatou e o coração de Marcelo voltou a serenar. Marcelo está visivelmente mais calmo, contido e sensato nos comentários públicos e políticos que faz. No fundo, voltou a ser o Marcelo estratega político que bem conhecíamos e isso se deve, e muito, ao retorno ao convívio com a amiga especial Rita Amaral Cabral, a eterna parceira nas horas más.

 The Mag sabe, através de fonte próxima do casal, que a relação entre os dois é deveras particular. "O Marcelo e a Rita têm uma relação que assenta essencialmente numa enorme admiração intelectual mútua. O Presidente necessita muito de ter uma companhia feminina com quem partilhar preocupações, debater temas fraturantes ou simplesmente conversar sobre literatura. A Rita é uma excelente ouvinte das questões de Marcelo, é o seu porto seguro e tem uma enorme vantagem: é também uma excelente conselheira", avança, rematando que a união dos dois "é mais do foro intelectual do que propriamente físico."

A carregar o vídeo ...
As tentações do Presidente

COM RITA, NA PALHOTA DO ANCÃO, ESTE VERÃO

O que é bem visível é Marcelo Rebelo de Sousa passa agora mais tempo na sua casa em Cascais e mais são as vezes que ora ele visita Rita na sua casa no Estoril, ora é ela quem passa os serões na sua vivenda perto do praia dos pescadores. É bem provável que no próximo verão Marcelo e Rita se voltem a deitar à sombra da mesma palhota na Praia do Ancão, na Quinta do Lago, ou é viável que sejam vistos a comer conquilhas, lingueirões ou lagostas na esplanada do Restaurante Gigi, a casa do velho amigo e conhecido de Marcelo, Bernardo Reino, em paragens algarvias.

Finalmente as férias! Marcelo já está na praia do Gigi! Veja as primeiras imagens
Marcelo rebelo de sousa, rita amaral cabral, praia gigi, quinta do lago, férias, verão, algarve
Marcelo rebelo de sousa, rita amaral cabral, praia gigi, quinta do lago, férias, verão, algarve
Marcelo rebelo de sousa, rita amaral cabral, praia gigi, quinta do lago, férias, verão, algarve
Marcelo rebelo de sousa, rita amaral cabral, praia gigi, quinta do lago, férias, verão, algarve
Marcelo rebelo de sousa, rita amaral cabral, praia gigi, quinta do lago, férias, verão, algarve
Marcelo rebelo de sousa, rita amaral cabral, praia gigi, quinta do lago, férias, verão, algarve
Marcelo rebelo de sousa, rita amaral cabral, praia gigi, quinta do lago, férias, verão, algarve
Marcelo rebelo de sousa, rita amaral cabral, praia gigi, quinta do lago, férias, verão, algarve
Marcelo rebelo de sousa, rita amaral cabral, praia gigi, quinta do lago, férias, verão, algarve
Marcelo rebelo de sousa, rita amaral cabral, praia gigi, quinta do lago, férias, verão, algarve
Marcelo rebelo de sousa, rita amaral cabral, praia gigi, quinta do lago, férias, verão, algarve
Marcelo rebelo de sousa, rita amaral cabral, praia gigi, quinta do lago, férias, verão, algarve
Marcelo rebelo de sousa, rita amaral cabral, praia gigi, quinta do lago, férias, verão, algarve, presidente da república
Marcelo rebelo de sousa, rita amaral cabral, praia gigi, quinta do lago, férias, verão, algarve, presidente da república
Marcelo rebelo de sousa, rita amaral cabral, praia gigi, quinta do lago, férias, verão, algarve, presidente da república
Marcelo rebelo de sousa, rita amaral cabral, praia gigi, quinta do lago, férias, verão, algarve, presidente da república
Marcelo rebelo de sousa, rita amaral cabral, praia gigi, quinta do lago, férias, verão, algarve, presidente da república
Marcelo rebelo de sousa, rita amaral cabral, praia gigi, quinta do lago, férias, verão, algarve, presidente da república
Marcelo rebelo de sousa, rita amaral cabral, praia gigi, quinta do lago, férias, verão, algarve
Marcelo rebelo de sousa, rita amaral cabral, praia gigi, quinta do lago, férias, verão, algarve
Marcelo rebelo de sousa, rita amaral cabral, praia gigi, quinta do lago, férias, verão, algarve
Marcelo rebelo de sousa, rita amaral cabral, praia gigi, quinta do lago, férias, verão, algarve
Marcelo rebelo de sousa, rita amaral cabral, praia gigi, quinta do lago, férias, verão, algarve
Marcelo rebelo de sousa, rita amaral cabral, praia gigi, quinta do lago, férias, verão, algarve
Marcelo rebelo de sousa, rita amaral cabral, praia gigi, quinta do lago, férias, verão, algarve
Marcelo rebelo de sousa, rita amaral cabral, praia gigi, quinta do lago, férias, verão, algarve
Marcelo rebelo de sousa, rita amaral cabral, praia gigi, quinta do lago, férias, verão, algarve
Marcelo rebelo de sousa, rita amaral cabral, praia gigi, quinta do lago, férias, verão, algarve
Marcelo rebelo de sousa, rita amaral cabral, praia gigi, quinta do lago, férias, verão, algarve
Marcelo rebelo de sousa, rita amaral cabral, praia gigi, quinta do lago, férias, verão, algarve
Marcelo rebelo de sousa, rita amaral cabral, praia gigi, quinta do lago, férias, verão, algarve, presidente da república
Marcelo rebelo de sousa, rita amaral cabral, praia gigi, quinta do lago, férias, verão, algarve, presidente da república
Marcelo rebelo de sousa, rita amaral cabral, praia gigi, quinta do lago, férias, verão, algarve, presidente da república
Marcelo rebelo de sousa, rita amaral cabral, praia gigi, quinta do lago, férias, verão, algarve, presidente da república
Marcelo rebelo de sousa, rita amaral cabral, praia gigi, quinta do lago, férias, verão, algarve, presidente da república
Marcelo rebelo de sousa, rita amaral cabral, praia gigi, quinta do lago, férias, verão, algarve, presidente da república

O casal tem uma relação afetuosa desde 1981, mas só em 1997 é que Marcelo apareceu em público com a, soube-se então, eterna namorada. Apareceu e foi um burburinho dos diabos, com a imprensa curiosa com o romance fresco, que afinal era requentado, mas não se sabia...

Ainda por cima, Rita e Marcelo escolheram a antestreia do filme 'Tentação', de Joaquim Leitão, para se revelarem. Um título de película que despertou um sururu de que podEria haver enlace. Mas nada aconteceu…

FOGE, FOGE, QUE NÃO QUERO SER PRIMEIRA DAMA

Nem em 1997, nem quando a 24 de janeiro de 2016 Marcelo Rebelo de Sousa foi eleito, pela primeira vez, como primeira figura do Estado português.

Rita Amaral Cabral não fez questão de assumir as funções, Marcelo nem insistiu, apagou do protocolo a figura da primeira dama e por isso, na sua tomada de posse, a única que ficou a ver navios foi Maria Cavaco Silva, a antecessora que não trocou de lugar com a substituta e foi encaminhada para a Tribuna A, tendo ficado sentada do lado direito de Filomena Aguillar (mulher do ex-presidente da AR Eduardo Ferro Rodrigues).

Nesse aspeto, quando confrontado com a questão, Marcelo disse logo que "não há nada na Constituição da República que obrigue a que haja uma primeira-dama". Os dois estavam de acordo. Assunto encerrado.

A DISCRETA FOLIONA QUE ADORA PREGAR PARTIDAS

Mas quem é, afinal, esta mulher que conquistou o coração de Marcelo depois de este se separar em 1980 de Ana Cristina da Gama Caeiro da Mota Veiga, mãe dos seus filhos, Nuno e Sofia? É Rita Maria Lagos do Amaral Cabral descende de famílias abastadas, conservadoras e com propriedades em Oliveira do Hospital, no distrito de Coimbra.

Apesar da sua postura circunspecta, em privado, Rita tem uma característica que encanta Marcelo - tem um sentido de humor apurado e entre amigos está sempre a sorrir e alinha em brincadeiras, em especial partidas, coisa em que Marcelo é perito.

O CUNHADO METEU CUNHA PARA MARCELO IR PARA TVI

Além disso, Rita é bastante discreta, inteligente e cúmplice de Marcelo, por quem nutre uma idolatrada admiração. Preocupa-se com a saúde do companheiro e, com os seus excessos de cuidados, até acaba por estimular a hipocondria deste. Do pouco que se sabe sobre a vida privada desta jurista, um dado é bastante relevante: Foi ela quem convenceu Marcelo a tornar-se comentador político na TVI em vez de aceitar igual convite que lhe tinha sido formulado pela concorrente SIC. Para isso ajudou o facto de, à data de decisão de Marcelo aceita a TVI em detrimento da SIC, a irmã de Rita ser casada com Miguel Pais do Amaral, então CEO da estação de Queluz de Baixo.

A carregar o vídeo ...
A chegada de Marcelo Rebelo de Sousa à praia

Rita conheceu o atual Presidente da República quando estudava na Faculdade de Direito de Lisboa. Ele era assistente de Direito Internacional Público, ela aluna da instituição. O primeiro encontro dos dois ocorreu numa prova oral que não correu muito bem a Rita, com Marcelo a teimar não a passar dos 11 valores com que esta chegou da prova escrita.

Contudo, não foi nesta prova oral que se deu a faísca entre os dois. Só anos depois, em 1981, quando ele já estava divorciado, os dois se voltaram a cruzar mais de perto numa mesa de urna de votos para as eleições para o Conselho Diretivo da faculdade. Jantaram nesse dia a sós e estreitou-se a relação. Começaram muito discretamente a namorar, mas o casamento nunca fez parte dos planos comuns.



Saber mais sobre

Vai gostar de

você vai gostar de...