Notícia

Eurovisão

Salvador Sobral desvaloriza violência doméstica... e ainda goza!

Antes da final da Eurovisão, o chamado herói nacional afirma que gosta de ser "maltratado" e compara-se às mulheres que são vítimas de violência doméstica. Diz isto e muito mais...
13 de maio de 2018 às 22:23
Salvador Sobral, de 28 anos, criou uma imagem polémica e continua a dar que falar. 

O primeiro vencedor português da Eurovisão voltou a dar que falar durante uma entrevista a Rui Maria Pêgo e Joana Martins, a par da fama e da popularidade que ganhou não só em Portugal como nos quatro cantos do mundo. 

Durante a conversa com os dois apresentadores, o irmão de Luisa Sobral afirmou que se "sente bem fisicamente e que até já foi jogar futebol pela primeira vez em oito anos" mas que as pessoas continuam preocupadas com o seu estado de saúde mesmo depois de ter sido submetido a um transplante do coração. 

Sempre afirmou que não gosta de ser uma figura pública e, como tal, Salvador Sobral referiu um dos seus destinos favoritos: "Adoro ir a Paris porque lá as pessoas tratam-me mal", explicou. Foi neste seguimento que o cantor se comparou às mulheres vítimas de violência doméstica. "As pessoas tratam-me mesmo mal e eu adoro. Como aquelas mulheres que gostam de sofrer violência... Ai não posso dizer isso", disse de forma irónica, com modos de quem já sabia que ia ser criticado.

A carregar o vídeo ...
;
Salvador Sobral foi também criticado pela postura arrogante que manteve na final da Eurovisão em Lisboa.

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!

Newsletter

Subscrever Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável