'

Notícia

A FLASH! já está no WhatsApp.
Siga-nos!
Seguir
Casas Reais

27 anos depois do divórcio, as razões que levam Sarah Ferguson a ficar ao lado do ex-marido, o príncipe André

Duques de York continuam a coabitar mesmo quase três décadas depois do final da relação que teve como frutos as princesas Beatrice e Eugenie.
12 de maio de 2023 às 21:30
Sarah Ferguson e príncipe André a caminho da reconciliação?
Sarah Ferguson e príncipe André
Sarah Ferguson e príncipe André
Sarah Ferguson e príncipe André
Sarah Ferguson e príncipe André
Sarah Ferguson e príncipe André
Sarah Ferguson e príncipe André
Sarah Ferguson e príncipe André
Sarah Ferguson e príncipe André
Sarah Ferguson e príncipe André
Sarah Ferguson e príncipe André
Sarah Ferguson e príncipe André
Sarah Ferguson e príncipe André
Sarah Ferguson e príncipe André
Sarah Ferguson e príncipe André
Sarah Ferguson e príncipe André
Sarah Ferguson e príncipe André
Sarah Ferguson e príncipe André
Sarah Ferguson e príncipe André
Sarah Ferguson e príncipe André
Sarah Ferguson e príncipe André
Sarah Ferguson e príncipe André
Sarah Ferguson e príncipe André
Sarah Ferguson e príncipe André
Sarah Ferguson e príncipe André
Sarah Ferguson e príncipe André
Sarah Ferguson e príncipe André
Sarah Ferguson e príncipe André
Sarah Ferguson e príncipe André
Sarah Ferguson e príncipe André
Sarah Ferguson e príncipe André
Sarah Ferguson e príncipe André
Sarah Ferguson e príncipe André
Sarah Ferguson e príncipe André
Sarah Ferguson e príncipe André
Sarah Ferguson e príncipe André
Sarah Ferguson e príncipe André
Sarah Ferguson e príncipe André
Sarah Ferguson e príncipe André
Sarah Ferguson e príncipe André
Sarah Ferguson e príncipe André

O príncipe André e Sarah Ferguson puseram em 1996 um ponto final num casamento de uma década. Agora, 27 anos depois, os duques de York ainda vivem juntos na Royal Lodge, a sua residência oficial, situação que pode acabar devido à reorganização das residências levada a cabo pelo rei Carlos III.

Mesmo perante a grave acusação de agressão sexual a uma menor que assombra há vários anos o príncipe André, Fergie sempre apoiou o ex-marido. Nunca deixaram de ser vistos de férias com as filhas, as princesas Beatrice e Eugenie, e as netas.

O motivo que realmente aproxima Sarah Ferguson do príncipe André é mesmo a ideia deste que, de acordo com declarações de um antigo funcionário da Royal Lodge ao ‘Daily Mail’, a antiga companheira é a única que percebe a situação de solidão que atravessa, sendo que este carinho especial já gerou especulação sobre uma potencial reconciliação por diversas ocasiões, sempre negada.

Adicionalmente, Sarah Ferguson terá ficado próxima da mãe de André, a falecida rainha Isabel II, ao ser a única a ajudar o duque de 63 anos nesta fase mais complicada desta vida. Proximidade que se traduziu em Sarah ter acabado por herdar os animais de estimação da antiga monarca.

Saber mais sobre

Vai gostar de

você vai gostar de...

Mais Lidas

+ Lidas