'

Notícia

Casas Reais

As guerras do príncipe Harry com a família: "Uma reconciliação só será possível se ele se divorciar de Meghan"

A possibilidade do filho mais novo da princesa Diana voltar a falar com o pai e com o irmão é muito reduzida. Quem o diz é um reputado especialista em assuntos da realeza britânica.
Por Ana Cristina Esteveira | 25 de maio de 2021 às 15:18
Imagens de felicidade entre Kate, William e Harry
Kate Middleton, William e Harry
Kate Middleton, William e Harry
Kate Middleton, William e Harry
Kate Middleton, William e Harry
Kate Middleton, William e Harry
Kate Middleton, William e Harry
Kate Middleton, William e Harry
Kate Middleton, William e Harry
Kate Middleton, William e Harry
Kate Middleton, William e Harry
Kate Middleton, William e Harry
Kate Middleton, William e Harry
Kate Middleton, William e Harry
Kate Middleton, William e Harry
Kate Middleton, William e Harry
Kate Middleton, William e Harry
Kate Middleton, William e Harry
Kate Middleton, William e Harry
Kate Middleton, William e Harry
Kate Middleton, William e Harry
Kate Middleton, William e Harry
Kate Middleton, William e Harry
Kate Middleton, William e Harry
Kate Middleton, William e Harry
Kate Middleton, William e Harry
Kate Middleton, William e Harry
Kate Middleton, William e Harry
Kate Middleton, William e Harry
Kate Middleton, William e Harry
Kate Middleton, William e Harry
Kate Middleton, William e Harry
Kate Middleton, William e Harry
Kate Middleton, William e Harry
Kate Middleton, William e Harry
As relações entre irmãos, tal como entre pai e filho, já não eram melhores. Deterioraram-se logo após o casamento de Harry com Meghan Markle. Mas ficou muito pior, reduzida quase a inexistente, após a entrevista  que os duques de Sussex concederam a Oprah Winfrey.

Agora, Kinsey Schofield, um especialista em assuntos da  realeza britânica apresenta uma perspetiva negativa quanto a uma possível reconciliação. Em entrevista ao tablóide 'Mirror', disse que não é descartar uma aproximação, mas que esta não será nada fácil de acontecer. A única coisa que poderia fazer com que a paz voltasse seria um divórcio entre Harry e Meghan.

"Infelizmente, acho que a única maneira de as coisas voltarem ao normal é o príncipe Harry e Meghan Markle seguirem caminhos separados e Harry voltar a Inglaterra", disse Kinsey Schofield. Ainda assim este especialista vê outras dificuldades para este retorno a casa, mesmo que houvesse um divórcio: "Harry nunca deixaria seus filhos em outro país".

Kinsey Schofield não esqueceu também o papel determinante de Kate Middleton numa possível reconciliação entre os dois irmãos: "A duquesa de Cambridge deseja que eles [Harry e William] se reconciliem, mas imagino que ela conheça o estado de espírito do marido e não o empurrará para algo para o qual ele não está pronto", analisou ainda o especialista.

Vai gostar de

você vai gostar de...

Mais Lidas

+ Lidas

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diariamente todas as noticias de forma confortável
Subscrever