'

Notícia

planeta

Revelado vício em droga de Bruce Lee através de cartas enviadas ao seu 'dealer'

Ator confidenciou uso de cocaína, LSD e canábis durante anos finais da sua carreira.
09 de julho de 2021 às 14:05
Bruce Lee, um ícone de Hollywood
Bruce Lee no filme que realizou, escreveu e protagonizou, 'O Dragão Ataca', durante a pós-produção do qual faleceu.
Bruce Lee junto da lenda do basquetebol Kareem Abdul-Jabbar no filme de 1972, 'Jogo da Morte'
Bruce Lee e James Franciscus em 'The Way of the Intercepting Fist', de 1971
Bruce Lee
Duas lendas dos filmes de ação, Bruce Lee e Chuck Norris, juntos em 'A Fúria do Dragão'
Bruce Lee
Kareem Abdul-Jabbar, Bruce Lee
James Franciscus, Bruce Lee
Bruce Lee
Bruce Lee, Chuck Norris

Vieram a público mais de quarenta cartas em que Bruce Lee confessava o seu vício por drogas, correspondência essa que será leiloada nos Estados Unidos, segundo noticia o ‘The Sun. O natural de San Francisco, conhecido pelos dotes de artes marciais que utilizava nos filmes em que atuava, enviava cartas eram destinadas a Bob Baker, também ele um ator, que o providenciava com várias drogas como cocaína, LSD e canábis, tendo inclusive requisitado que essas substâncias fossem enviadas para Hong Kong, durante a gravação de um filme nesse país.

O uso de drogas por parte de Bruce Lee já era alvo de rumores nos meios, mas nunca havia sido confirmado. O norte-americano de ascendência chinesa faleceria em 1973, aos 32 anos, vítima de um edema cerebral, não relacionado com o vício do ator cuja causa fora inicialmente atribuída a um medicamento, mas mais tarde se teorizou também que poderá ter-se devido a uma insolação.

O nome de Bruce Lee esteve recentemente envolvido noutra polémica que colocou em lados opostos da barricada o conhecido realizador Quentin Tarantino e a filha de Lee, Shannon, devido a uma cena no filme ‘Era uma vez em Hollywood’ que caracteriza o ator como arrogante. Tarantino declarou em entrevista que percebia o porquê de Shannon contestar, mas desprezou os restantes críticos. Shannon, em resposta, escreveu um extenso texto em que alegou que o realizador nunca conheceu Bruce Lee e relembra as dificuldades pelas quais este passou "sendo um chinês com sotaque" em Hollywood nos anos 60 e 70.

Vai gostar de

você vai gostar de...

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diariamente todas as noticias de forma confortável
Subscrever