'

Notícia

THE MAG - The weekly magazine by Flash!

Coração nas mãos. Como Georgina se tornou a força de Cristiano Ronaldo para este não ceder à depressão: "Ajudava a levantar-me quando estava em baixo"

Pela primeira vez, CR7 assume estar frágil e a família já não sabe o que fazer para o ajudar. Dolores desespera e intensifica viagens para estar ao seu lado, mas Ronaldo só ouve Georgina Rodríguez. Afinal, mesmo depois do trauma de perder um filho, ela é que tem sido a força de CR7 em casa para conseguir "aguentar o barco". É o próprio que desabafa tudo num dos momentos mais complicados da sua vida.
18 de novembro de 2022 às 00:52
A carregar o vídeo ...

Nos tempos áureos, Cristiano Ronaldo nem precisava de despertador. Se fosse caso disso, levantava-se às cinco da manhã para treinar ou, se não tivesse nenhum programa melhor para o serão, ia para o spa regenerar os músculos em banhos de água gelada ou dar uma corridinha na passadeira. E fazia-o com um sorriso na cara. Durante mais de vinte anos foi assim, como se a vida só lhe tivesse coisas boas para lhe dar.

Não foi, por isso, preciso ser um familiar ou amigo muito atento para ficar alerta quando as coisas começaram a mudar. De repente, CR7 já estava mais vezes mal-disposto do que feliz e, se essa mudança já fez soar alguns alarmes, estes começaram a fazer-se ouvir a altos berros quando, de umdia para o outro, o craque já nem queria levantar-se da cama para ir treinar. É o próprio quem o revela na mais recente entrevista em que assume que, pela primeira vez, a sua fragilidade. Psicologicamente em baixo, o jogador não esconde que já viveu melhores dias e admite que, nos últimos tempos, tem sido a força da namorada, Georgina Rodríguez, a mantê-lo à tona.

"Ela sofreu quando era jovem. Nasceu na Argentina, teve problemas... uma vida curiosa. Ajudava a levantar-me quando eu estava em baixo", revela na conversa a Piers Morgan, em que se mostra sem capas e preocupa ainda mais a família.

Ronaldo e Georgina: seis anos de uma união feliz
Cristiano Ronaldo e Georgina Rodríguez
Cristiano Ronaldo e Georgina Rodríguez
Cristiano Ronaldo e Georgina Rodríguez
Casal vive relação estável e mostra-se cada vez mais apaixonado.
Cristiano Ronaldo e Georgina Rodríguez
Cristiano Ronaldo e Georgina Rodríguez
Cristiano Ronaldo e Georgina Rodríguez
Cristiano Ronaldo e Georgina Rodríguez
Cristiano Ronaldo e Georgina Rodríguez
Cristiano Ronaldo e Georgina Rodríguez
Cristiano Ronaldo e Georgina Rodríguez
Cristiano Ronaldo e Georgina Rodríguez
Cristiano Ronaldo e Georgina Rodríguez
Cristiano Ronaldo e Georgina Rodríguez
Cristiano Ronaldo e Georgina Rodríguez
Cristiano Ronaldo e Georgina Rodríguez
Cristiano Ronaldo e Georgina Rodríguez
Cristiano Ronaldo e Georgina Rodríguez
Cristiano Ronaldo e Georgina Rodríguez
Cristiano Ronaldo e Georgina Rodríguez
Cristiano Ronaldo e Georgina Rodríguez
Cristiano Ronaldo e Georgina Rodríguez
Cristiano Ronaldo e Georgina Rodríguez
Cristiano Ronaldo e Georgina Rodríguez

A mãe, Dolores, já não esconde a angústia por ver o seu filho pródigo em sofrimento e intensifica as viagens a Manchester para ver com os próprios olhos como está Ronaldo. Naquilo que parece ser um porta-aviões a afundar, só Georgina Rodríguez tem mantido a calma necessária para enfrentar os momentos difíceis, mas a verdade é que também ela nem sempre está lá para Cristiano Ronaldo. 

Com cada vez mais trabalho, Gio passa grande parte do tempo em viagens e o seu sucesso aumenta na mesma medida que os problemas de CR7 crescem. Perto ou à distância, tenta incentivar o craque a sair daquilo que todos sabem o que o craque terá, mas ninguém ousa dizê-lo em voz alta: depressão.

Georgina Rodríguez ao estilo de Jessica Rabbit, mas em azul gelo
Georgina Rodriguez
Georgina Rodriguez
Georgina Rodriguez
Georgina Rodriguez
Georgina Rodriguez
Georgina Rodriguez
Georgina Rodriguez
Georgina Rodriguez
Georgina Rodriguez
Georgina Rodriguez
Georgina Rodriguez
Georgina Rodriguez
Georgina Rodriguez
Georgina Rodriguez

Durante meses, todos tentaram ajudá-lo. Família e amigos revezavam-se para que garantir que Ronaldo estava feliz, até que perceberam que sozinhos não iam a lado nenhum. E de repente, aos problemas profissionais juntaram-se os pessoais. O craque e Gio viram um dos bebés que esperavam morrer no parto e tudo assumiu outras dimensões. Na entrevista, o futebolista admite a revolta que sentiu. "Foi o pior momento da minha vida desde a morte do meu pai. Passámos por momentos difíceis, eu e a Georgina sofremos muito. Perguntámos porque nos aconteceu a nós. Foi difícil perceber o que se passava com as nossas vidas. Foi duro".

Veja todas as fotos das férias de Georgina e Cristiano Ronaldo, que juntaram a família depois de perderem bebé
Georgina, maiorca
Georgina, maiorca
Georgina, maiorca
Georgina, maiorca
Georgina Rodríguez
Georgina, maiorca
Georgina, maiorca
Georgina, maiorca
Georgina, maiorca
Georgina, maiorca
Georgina, maiorca
Georgina, maiorca
Georgina, maiorca
Georgina, maiorca
Georgina, maiorca
Georgina, maiorca
Georgina, maiorca
Georgina, maiorca
Georgina, maiorca
Georgina, maiorca
Georgina, maiorca
Georgina, maiorca
Georgina, maiorca
Georgina, maiorca
Georgina, maiorca
Georgina, maiorca
Georgina, maiorca
Georgina, maiorca
Georgina, maiorca
Georgina, maiorca
Georgina, maiorca
Georgina Rodríguez
Georgina, maiorca
Georgina, maiorca
Georgina, maiorca
Georgina, maiorca
Georgina, maiorca
Georgina, maiorca
Georgina, maiorca
Georgina, maiorca
Georgina, maiorca
Georgina, maiorca
Georgina, maiorca
Georgina, maiorca
Georgina, maiorca
Georgina, maiorca
Georgina, maiorca
Georgina, maiorca
Georgina, maiorca
Georgina, maiorca
Georgina, maiorca
Georgina, maiorca
Georgina, maiorca
Georgina, maiorca

Com a vida virada do avesso e com os amigos a revelarem-se incapazes de lhe dar as respostas de que precisava, Ronaldo procurou, pela primeira vez, apoio psicológico. "O Cristiano convidou-me para ir a casa dele ter com ele. Ele estava com alguns problemas há uns meses e um amigo dele enviou-lhe alguns dos meus vídeos. [Depois de ver], o Cristiano quis falar comigo, então convidou-me e estivemos à conversa durante umas horas em casa dele. Ele queria, sobretudo, falar sobre o que quer para o futuro e também sobre alguns obstáculos que está a enfrentar neste momento", revelou o psicólogo Jordan Peterson, que tenou ajudar CR7 a perceber como é que a sua vida chegou até aqui.


MAYORGA: QUANDO OS PROBLEMAS COMEÇARAM...

E como é que chegou? A história conta-se em duas partes: na primeira, Cristiano Ronaldo sai do Sporting para o Manchester, e depois para o Real Madrid. É, ano após ano, considerado o melhor jogador do Mundo, tem as mulheres mais bonitas aos seus pés, uma garagem com os carros com que sempre sonhou e é tão rico que não sabe o que é que há-de fazer ao dinheiro. Como se isso não bastasse, encontra o amor da sua vida ao lado de Georgina Rodríguez, com quem cria a sua mão cheia de filhos e viaja pelo mundo a bordo de um iate acabadinho de comprar.

Paixão em alto mar. Cristiano Ronaldo e Georgina namoram em iate de luxo em Maiorca
Georgina Rodriguez, Cristiano Ronaldo
Georgina Rodriguez, Cristiano Ronaldo
Georgina Rodriguez, Cristiano Ronaldo
Georgina Rodriguez, Cristiano Ronaldo
Georgina Rodriguez, Cristiano Ronaldo
Georgina Rodriguez, Cristiano Ronaldo
Georgina Rodriguez, Cristiano Ronaldo
Georgina Rodriguez, Cristiano Ronaldo
Georgina Rodriguez, Cristiano Ronaldo
Georgina Rodriguez, Cristiano Ronaldo
Georgina Rodriguez, Cristiano Ronaldo
Georgina Rodriguez, Cristiano Ronaldo
Georgina Rodriguez, Cristiano Ronaldo
Georgina Rodriguez, Cristiano Ronaldo
Georgina Rodriguez, Cristiano Ronaldo
Georgina Rodriguez, Cristiano Ronaldo


Porém, algures há cerca de dois anos, um episódio abalou a vida do jogador para o lembrar que piscamos os olhos e o jogo mudou. É quando começa a segunda parte da história. De repente, Kathryn Mayorga acusava Ronaldo de violação. Mais, detalhava todos os pormenores da noite em que diz ter sido forçada pelo craque a ter sexo anal quando os dois eram ainda jovens, em Las Vegas. E se é verdade que um coro de vozes se prontificou a defender CR7, com o pretexto de que a americana "estava a pedi-las", é nesta altura que Ronaldo, o inquebrável, começa a sentir os primeiros olhares de esguelha. "Seria possível?". A dúvida ficou.

É esta a mulher que acusa Cristiano Ronaldo de violação
Kathryn Mayorga, cristiano ronaldo
Karhtyn Mayorga, a morena misteriosa com quem Cristiano Ronaldo terá feito sexo não consentido em Las Vegas em 2009.
Kathryn Mayorga, cristiano ronaldo
 Kathryn Mayorga
Kathryn Mayorga, cristiano ronaldo
Kathryn Mayorga, cristiano ronaldo
Kathryn Mayorga, cristiano ronaldo
Kathryn Mayorga, cristiano ronaldo
Kathryn Mayorga, cristiano ronaldo
Kathryn Mayorga, cristiano ronaldo
Kathryn Mayorga, cristiano ronaldo
 Kathryn Mayorga
Kathryn Mayorga, cristiano ronaldo
Kathryn Mayorga, cristiano ronaldo
Kathryn Mayorga, cristiano ronaldo
Kathryn Mayorga, cristiano ronaldo

Há quem diga que Mayorga foi uma espécie de mau agoiro, como que a avisar Cristiano Ronaldo que a vida não são só Lamborghinis. E a verdade é que, depois disso, começou o efeito bola de neve. Na Juventus, o jogador ouvia as primeiras críticas, mostrava-se descontente e queria mudar. Depois, conseguiu voltar ao clube onde era considerado uma lenda, mas a coisa só correu bem nos primeiros tempos. O português viria a incompatibilizar-se com o treinador e aquilo que tinha tudo para ser um sonho já era um pesadelo sem fim. E há um dia em que Manchester se torna, pura e simplesmente, numa cidade em que é impossível viver.


CR7 passa pelo pior pesadelo para um pai. Ele e Georgina perdem um dos bebés no parto e a dor consome-o. O resto da história é o presente e o que Ronaldo tenta escrever é um futuro diferente, mas muita coisa terá de mudar.

O QUE LHE RESERVA O FUTURO?

Com a entrevista a Piers Morgan, Ronaldo como que assinou a carta de rescisão com o Manchester, que passa a ser oficialmente passado. Agora, prepara-se para o Mundial, mas depois há muito para se decidir sobre o seu futuro, que deverá ficar definido no mercado de transferências, no início do ano.

Confira as imagens que confirmam o regresso de Cristiano Ronaldo, após castigo do treinador
Regresso, Cristiano Ronaldo, Manchester United
Regresso, Cristiano Ronaldo, Manchester United
Regresso, Cristiano Ronaldo, Manchester United
Regresso, Cristiano Ronaldo, Manchester United
Regresso, Cristiano Ronaldo, Manchester United
Regresso, Cristiano Ronaldo, Manchester United
Regresso, Cristiano Ronaldo, Manchester United
Regresso, Cristiano Ronaldo, Manchester United

Há quem diga que poderá vir para Portugal, onde está a construir uma mansão e já inscreveu os filhos num colégio de topo, há quem diga que os Estados Unidos podem ser uma opção e há quem ainda espere vê-lo a jogar num grande clube europeu, mas até lá CR7 terá de se reerguer e colocar um ponto final no mau agoiro. Será a terceira parte da história...

Saber mais sobre

Vai gostar de

você vai gostar de...