'

Notícia

saúde

Cristina Ferreira revela que tem bactéria rara que lhe dá cabo do corpo: "Está em desequilíbrio"

Apresentadora assume que stress e má alimentação a estão a prejudicar o corpo e a afetar a saúde.
08 de junho de 2020 às 14:59
Os (muitos) fatos de banho e biquínis de Cristina Ferreira
Cristina Ferreira
Cristina Ferreira
Cristina Ferreira
Cristina Ferreira
Cristina Ferreira
Cristina Ferreira
Cristina Ferreira
Cristina Ferreira
Cristina Ferreira
Cristina Ferreira
Cristina Ferreira
Cristina Ferreira
Cristina Ferreira
Cristina Ferreira
Cristina Ferreira
Cristina Ferreira
Cristina Ferreira
Cristina Ferreira
Cristina Ferreira
Cristina Ferreira
Cristina Ferreira
Cristina Ferreira
Cristina Ferreira
Cristina Ferreira
Cristina Ferreira
Cristina Ferreira
Cristina Ferreira
Cristina Ferreira
Cristina Ferreira
Cristina Ferreira
Cristina Ferreira
Cristina Ferreira
Cristina Ferreira
Cristina Ferreira
Cristina Ferreira
Cristina Ferreira
Cristina Ferreira
Cristina Ferreira
Cristina Ferreira
Cristina Ferreira
Cristina Ferreira
Cristina Ferreira
Cristina Ferreira
Cristina Ferreira
O corpo de Cristina Ferreira está a acusar o stress e a má alimentação da apresentadora. 

É a própria estrela da SIC que revela o problema de saúde que tem e que a está a deitar abaixo: "Tenho uma bactéria rara", diz, que foi encontrada após fazer exames às fezes.

"Tenho aqui uns problemas para resolver. Já me chegou o exame, o de Espanha… fiz um exame ao cocó. Já aqui expliquei, o meu corpo não está bem, está em desequilíbrio", assumiu esta segunda-feira.

"Eu como muito pouco e mesmo o pouco que eu como, chego, às vezes, a inchar a barriga, inflama, às vezes tenho muitas bicadas. Portanto, o corpo não reage à alimentação que eu lhe dou".

A carregar o vídeo ...
Revela que fez exames para tentar descobrir o que se passa. "Daquilo que a Iara já percebeu, nós temos uma série de bactérias no nosso organismo e no nosso intestino, não é? Imaginemos, temos 12 bactérias. Há uma que é a mãe de todas, quando não está bem interfere no resto. É a que eu tenho. Diz ela que é assim a mais resistente e a mais difícil de dominar e que ela, nos 12 anos de prática clínica, nunca viu, em Portugal, uma pessoa que tivesse. Portanto, eu tenho a bactéria rara que ninguém tem".

"Ou vou ter de ir a antibiótico ou vai ter de destruir toda a minha flora intestinal para depois voltar a criar. Não é tão simples assim mas finalmente percebeu-se de onde é que vem e o porquê", afiança.

Os dias têm sido complicados: "C
hego a comer, à noite, só um ovo mexido com qualquer coisa. No dia seguinte deveria estar espalmada. Não, chego, às vezes, a acordar toda inchada, é horrível, mesmo. Depois há dias em que pareço que estou magra, outros muito gorda. E o stress também tem muito que ver com isto", remata.

Esta não é a primeira vez que fala deste problema que a afeta e que volta e meia leva as pessoas a dizerem que ela está gorda e inchada.

Mais Lidas

+ Lidas

Instagram

Instagram

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diariamente todas as noticias de forma confortável
Subscrever