'

Notícia

Nacional

Júlio César esconde cancro do pulmão de toda a gente: "Fumava duas a três latas de cigarrilhas por dia"

Ator revela drama de saúde que o obrigou a deixar de trabalhar.
16 de dezembro de 2019 às 20:25
A vida de Júlio César em imagens
Júlio César
Júlio César
Júlio César
Júlio César
Júlio César
Júlio César
Júlio César
Júlio César
Júlio César
Júlio César
Júlio César
Júlio César
Júlio César
Júlio César
Júlio César
Júlio César
Júlio César
Júlio César
Júlio César, um dos atores mais reconhecidos em Portugal, escondeu de tudo e todos que esteve gravemente doente com um cancro no pulmão e que teve de ser sujeito a uma operação delicada para que lhe fosse retirada uma grande parte do pulmão.

Agora, recuperado, contou pela primeira vez que teve um tumor e que a situação não foi nada fácil.

O ator, que tinha sido obrigado a deixar de trabalhar por não ter forças, está de volta e revelou na SIC, perante Júlia Pinheiro, o que teve. "Estava com cancro no pulmão", disse, olhando para imagens de uma novela onde participou. "Ninguém sabia, ninguém soube. Aliás, os colegas e a própria imprensa tiveram grande respeito por este momento difícil da minha vida".

O tumor surgiu porque era um grande fumador: "era um fumador compulsivo, fumava duas a três latas de cigarrilhas por dia", admitiu.

Além de ter sido operado, Júlio César também teve de se submeter a 4 sessões de quimioterapia. Agora, diz que está livre de perigo.

Mais Lidas

+ Lidas

Instagram

Instagram

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diariamente todas as noticias de forma confortável
Subscrever