Notícia

Nacional

Pai de Joana Amaral Dias morre na ambulância duas horas após ter pedido socorro

Carlos Amaral Dias era um dos mais conceituados psicanalistas de Portugal e chegou a ter programas na rádio e televisão.
04 de dezembro de 2019 às 17:02
Psicanalista Carlos Amaral Dias, pai de Joana Amaral Dias, morre em ambulância
Carlos Amaral Dias
Carlos Amaral Dias
Carlos Amaral Dias
Joana Amaral Dias
Carlos Amaral Dias
Carlos Amaral Dias
Joana Amaral Dias
Carlos Amaral Dias
Carlos Amaral Dias
Carlos Amaral Dias
Joana Amaral Dias
Carlos Amaral Dias
Carlos Amaral Dias
Joana Amaral Dias
O professor universitário Carlos Amaral Dias, um dos mais conhecidos psicanalistas nacionais e pai e Joana Amaral Dias, morreu numa ambulâncias duas horas depois de ter sido pedido socorro, revela o Correio da Manhã.

Carlos Amaral Dias, de 73 anos, tinha sofrido um grave acidente vascular cerebral em 2012, que deixou sequelas. 

Segundo conta o CM, o
 serviço coordenado pelo INEM "recebeu a primeira chamada. E depois, todo o processo de socorro, que implicou outras chamadas estendeu-se por quase duas horas ", disse ao CM fonte familiar, sublinhando que o psicanalista "acabou por falecer na ambulância".

Pai de quatro filhos, entre eles a psicóloga e ex-deputada Joana Amaral Dias e o gestor Henrique Amaral Dias, Amaral Dias era conhecido como o psicanalista da rádio.

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!

Mais Lidas

+ Lidas

Instagram

Instagram

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável