'

Notícia

Casas Reais

Guerra de irmãos vai subir de tom! Carlos não esquece a conspiração do príncipe André para o impedir de ser rei

A princesa Diana terá sido usada pelo duque de York na cruzada que encetou para que o irmão mais velho nunca chegasse ao trono. Agora, sofre as consequências das suas intrigas palacianas.
23 de setembro de 2022 às 09:52
O inferno do Príncipe André e a surpresa do "regresso" da ex-mulher
Sarah Ferguson
Príncipe André, rainha Isabel II
Príncipe André
Príncipe André
Príncipe André e a rainha Isabel II
Sarah Ferguson
Sarah Ferguson
Sarah Ferguson e príncipe André
Sarah Ferguson
Príncipe André, rainha Isabel II
Príncipe André
Príncipe André
Príncipe André e a rainha Isabel II
Sarah Ferguson
Sarah Ferguson
Sarah Ferguson e príncipe André
A guerra entre os dois irmãos já vem de trás e Carlos III nunca esqueceu as conspirações que André terá encetado contra si. Avança o jornal 'The Telegraph’ que todas essas disputas - que eram sanadas apenas com a intervenção da rainha Isabel II, mãe dos dois príncipes - vêm agora a público através de um livro de Angela Levin: ‘Camilla, From Outcast to Queen Consort’.

Assegura a autora desta obra que se adivinha polémica que André "pressionou" a mãe, ou seja, a rainha de Inglaterra, que fazer com que Carlos não subisse ao trono. Aliou-se incusivamente à cunhada, a falecida princesa Diana, para que William fosse o rei e que o irmão nunca chegasse a cumprir o seu destino. 

Como é que Carlos poderá alguma vez esquecer que o irmão tentou estabelecer-se como regente caso a rainha morresse antes de William atingir a maioridade? Estas pretensões do duque de York eram do agrado de Diana que também não queria ver o ex-marido sentado no trono. 

André também terá tentado fazer com que a mãe nunca aceitasse o casamento de Carlos com Camilla. Dizia o príncipe à mãe que a então namorada do irmão não era uma pessoa em quem se podia confiar. André nunca aceitou a presença da atual rainha consorte no seio da família real. 

Esta terá sido uma fase muito difícil de gerir para a rainha Isabel II que não queria ver os dois filhos de costas voltadas. Além do mais, parece que esta foi a única vez que André não conseguiu o apoio materno já que ele sempre conseguia tudo o que queria da monarca, beneficiando do estatuto de filho preferido.

Vai gostar de

você vai gostar de...

Mais Lidas

+ Lidas

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diariamente todas as noticias de forma confortável
Subscrever