Notícia

solidariedade

Corrida da Mulher: milhares nas ruas na luta contra o cancro

Lisboa e Porto foram as cidades que receberam as duas provas que assinalam a luta contra o cancro através do atletismo. Na capital estiveram 13 mil pessoas, a norte foram 20 mil as mulheres que marcaram presença. E não faltaram muitas caras conhecidas.
26 de maio de 2017 às 21:00
Corrida da Mulher: milhares nas ruas na luta contra o cancro
corrida da mulher
A ex-atleta do FC Porto, Aurora Cunha
corrida da mulher
A empresária Mónica Sofia
corrida da mulher
A vencedora
corrida da mulher
A emoção de terminar a prova
corrida da mulher
corrida da mulher
corrida da mulher
corrida da mulher
corrida da mulher
corrida da mulher
corrida da mulher
corrida da mulher
corrida da mulher
corrida da mulher
corrida da mulher
corrida da mulher
corrida da mulher
João Malheiro não correu mas apoiou
Ana Sofia Vinhas, da EDP
corrida da mulher
corrida da mulher
corrida da mulher
corrida da mulher
corrida da mulher
corrida da mulher
corrida da mulher
corrida da mulher
corrida da mulher
corrida da mulher
corrida da mulher
corrida da mulher
corrida da mulher
corrida da mulher
corrida da mulher
corrida da mulher
corrida da mulher
corrida da mulher
corrida da mulher
corrida da mulher
corrida da mulher
corrida da mulher
corrida da mulher
corrida da mulher
corrida da mulher
corrida da mulher
corrida da mulher
corrida da mulher
corrida da mulher
corrida da mulher
corrida da mulher
corrida da mulher
corrida da mulher
corrida da mulher
corrida da mulher
corrida da mulher
corrida da mulher
corrida da mulher
corrida da mulher
corrida da mulher
corrida da mulher

A 12.ª edição da EDP Corrida da Mulher coloriu as ruas da zona das Antas e no Porto e junto ao tejo em Lisboa. Este foi um evento marcado como sempre pela vertente solidária, com recolha de fundos e a passagem de uma mensagem fundamental, a da importância do rastreio do cancro da mama. Um rastreio que feito cedo permite o tratamento total de 90 por cento dos casos de cancro da mama.

Na cidade invicta 20 mil mulheres vindas um pouco de todo o lado fizeram os 5 quilómetros da Alameda das Antas aos Aliados em ritmo de festa. 

Em Lisboa, a prova, feita a correr, marchar ou a andar, decorreu entre Santos e a Torre de Belém e perto de 13 mil mulheres marcaram presença. Os 5 quilómetros do percurso junto ao Tejo, são um evento de cariz social que já permitiu no conjunto das 11 edições anteriores, a angariação de mais de 680 mil euros para a Liga Portuguesa Contra o Cancro.

No que toca à competição, o menos importante numa prova de solidariedade como esta, Salomé Rocha, no Porto, e a queniana Flomena Cheyech Daniel, em Lisboa, foram as vencedoras.

Em 2018 a prova realiza-se a 20 de maio.

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!

Mais Lidas

+ Lidas

Instagram

Instagram

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável

;