Notícia

Entrevista FLASH!

A luta de Weza Silva que perdeu 40 quilos: "Detestava aquele corpo. Sentia vergonha "

A angolana, casada com o jornalista português Luís Costa Branco e que se tornou famosa por ter perdido cerca de 40 quilos de peso, conta ao site FLASH! a sua história e como o novo corpo mudou a sua vida
Por Inês Neves | 17 de abril de 2019 às 00:00

Chegou há 4 anos a Portugal e rapidamente se tornou na "rainha do pedaço". Quando aterrou em Lisboa, Weza Silva, de 33 anos de idade, era "apenas" a mulher do jornalista Luís Costa Branco e mãe do seu primeiro filho, Kendi, de cinco anos. Hoje, Weza é isso e muito mais. É uma empresária de sucesso (tem a sua prória marca de biquinis e roupa de desporto, a Kaikura), é uma inspiração para todas as mulheres que querem perder peso (escreveu um livro no qual conta como perdeu 35 quilos em 36 semanas) e é mãe de mais uma menina, Chloé, de 3 anos.

À FLASH!, Weza contou a sua história, desde que se apaixonou pelo jornalista, pai dos seus filhos... uma história de amor que poderia dar um filme, com muito romance e  drama à mistura. Os dois conheceram-se há 7 anos em Luanda, quando Luís Costa Branco ainda estava casado com a manequim Nayma Mingas...


Conte-me a sua história de amor com o Luís... Como se apaixonaram?Conhecemo-nos em março de 2010, em Luanda. É uma história engraçada. Foi em 2003, ele estava na televisão, e comentei com o meu namorado da altura que aquele jornalista era muito giro. E ele não achou graça nenhuma ao meu comentário [risos]. Depois, uns anos mais tarde, numa noite em que fui sair com as minhas amigas, vi o Luís num bar. Olhei para ele e fiquei a pensar: conheço aquela cara de algum lugar. Mas não falei com ele. Dias mais tarde, calhou uma amiga minha conhecer um amigo do Luís e, no mesmo bar, ela apresentou-me. E achei-o muito antipático, não gostei nada dele.

Então porquê?
Quando a minha amiga nos apresentou a resposta dele: olá, prazer, sou o Luís. Vemo-nos por ai. Foi mesmo muito antipático. Por isso é que eu digo que a forma como ele me ama (intensa), é castigo por ter sido tão antipático para mim [risos]. Mas depois, como Luanda é uma cidade pequena, as pessoas cruzam-se, acabámos por frequentar o mesmo ginásio, o sitio onde ele trabalhava era mesmo ao lado da minha casa, às vezes cruzavamo-nos na pastelaria... e foi assim que nos fomos conhecendo e falando cada vez mais até nos apaixonarmos. No início eramos mesmo amigos. Ajudava-o em algumas coisas que ele precisava lá em Angola e ele queixava-se de ter mudado a vida toda para estar ali, que se sentia sozinho...

"DIZEM QUE ENGRAVIDEI PARA AGARRÁ-LO"

Na altura em que se conheceram, o Luís ainda estava casado, certo?
Aquilo que se passou, as três pessoas envolvidas no caso, sabem. Não tenho vergonha de nada. Ninguém deixa de estar com alguém só porque de repente aparece uma terceira pessoa, tem que haver já qualquer coisa de mal na relação. Quando conheci o Luís em março, sim, ele estava casado. Mas nós só começámos a namorar em novembro. Já as coisas do lado dele estavam resolvidas. Eu nunca seria a segunda mulher de ninguém, nem estaria envolvida para acabar com a vida ou casamento de alguém. Mas eu sabia, também, o que se passava do outro lado, nós três sabíamos...

...
Nayma Mingas Foto: Liliana Pereira

Passado pouco tempo, engravidou do Kendi...
Sim, engravidei em fevereiro. E começaram logo as más línguas a dizer que engravidei para agarrá-lo. Eu acho que ele é que me engravidou a mim [risos]. As pessoas acham que um filho é segurança de alguma coisa, nada disso. Quando a relação não está sólida, um filho afasta. Mas no nosso caso, acabou por nos unir. Nós estavamos meio fragilizados no meio de um fogo, fomos muito atacados por todos os lados... Mas os verdadeiros amigos perceberam o que se passou. Por isso é que eu acho que fui recebida em Portugal de braços abertos por toda a gente, como muito carinho, por isso é que tenho os amigos que tenho..

Quando decidiram vir para Portugal?
Ainda tivemos um ano e meio lá. O Kendi nasceu lá. Passamos situações muito chatas em Angola. E como não nos sentiamos bem por lá, decidimos vir. Queriamos criar o Kendi com todas as condições, tanto a nível de saúde, como ensino... Por exemplo, ele era alérgico ao pó, estava sempre doente e o serviço de saúde em Luanda é pessimo. Às vezes, tinha de vir com ele fardada de hospedeira, só para ele vir cá a uma consulta e ser visto por uma pediatra e depois voltava para Luanda. Era muito desgastante. Entretanto, houve uma oportunidade para vir para Portugal, viemos, sem pensar duas vezes. E o Kendi nunca mais teve alergias.

Foi a melhor decisão que tomaram...
Sem dúvida. Viemos em junho de 2013. E fui tão bem recebida... Os amigos querem ver os amigos felizes. E o Luís transbordava de felicidade. E as pessoas tinham curiosidade de conhecer a responsável que lhe estava a dar aquele brilho todo.

...
Weza Silva, com o marido, Luís Costa Branco, e as duas filhas, Chloé e Kendi

Chegou a Lisboa há 4 anos, sem conhecer nada nem niguém, e rapidamente se tornou numa empresária de sucesso e uma inspiração...
Mais ou menos. Quando cheguei não comecei logo a trabalhar, fiquei em casa ainda durante bastante tempo. Foi uma opção. Nós mudámos toda a nossa vida para cá. Trouxemos um contentor com tudo, não deixámos lá nada. Então, foi chegar, procurar rapidamente uma casa, procurar uma creche para o Kendi, arrumar as coisas e organizar a vida... depois fiquei grávida da Chloé, em 2013. Só quando ela tinha já 1 ano, comecei a trabalhar nos meus projetos. E foi aí que decidi fazer a minha marca de biquinis, comecei devagarinho. E em abril 2016 apresentei oficialmente a Kaikura, já mais consolidada.

A GUERRA PARA EMAGRECER

Este ano lançou o livro
"Emagrecer Como a Weza"...
Eu queria mesmo perder peso, pois estava a pesar 90 quilos. E achei que a melhor forma de o conseguir, era mostrar às pessoas como realmente estava. Por isso, partilhei aquela foto no Instagram, em que estava mesmo gorda de cuecas e soutien na casa de banho... Detestava ver-me assim, detestava aquele corpo, sentia vergonha. Partilhei-a com o objetivo de calar a boca de toda a gente porque ia mudar. Então, fui publicando a minha luta e todas as semanas partilhava uma fotografia ora do treino, ora do que comia. E consegui. Foram 7 meses a treinar a sério e a ter cuidado com a alimentação. E a ganhar cada vez mais seguidores que se sentiam inspirados por mim. Até que a editora me contactou e me convidou para escrever o livro de todo o meu processo.

...
Weza Silva engordou muito devido às duas gestações e chegou a pesar mais de 90 quilos. Agora, está em forma e voltou a vestir o tamanho 34.

E o Luís, não lhe dizia nada?
Nada. Acho que ele nem se lembra de me ver assim, acho que ele nem se apercebeu que eu estava assim, pois estava tão focado noutras coisas, na família, nos filhos... Há umas semanas, ele chegou ao pé de mim e disse-me: estive a ver uma fotografia tua e realmente estavas muito gorda [risos]. Eu disse-lhe: podias ter-me dito. E ele disse que nem percebia que eu estava assim. Ele não liga. E ama-me de qualquer forma.

Quando chegou a Lisboa era a mulher do Luís Costa Branco. Agora ele é que é o marido da Weza Silva. As pessoas já sabem o seu nome e já conquistou o seu espaço...
Hoje sou a mãe do Kendi e da Chloé, no ambiente em que me movimento mais [risos]. Mas sim, conquistei o meu espaço. Não podia ser de outra forma. Jamais me ia permitir ser só a mulher de alguém. Nem pensar. Mas as coisas foram acontecendo sem estar planeadas. Estou cá há 4 anos e acabei por conhecer muita gente. Socialmente, estou muito mais exposta que o Luís. Ele é mais reservado, trabalha muito mais, tem horários mais limitados...

E o seu grupo de amigos também é bastante amplo e variado. A Weza é amiga de quase todos os nossos famosos!
É verdade. A Flash! até fez uma matéria sobre isso [risos]. Não sei como é que isso aconteceu. Também há muita gente que não se dá comigo. Sou uma pessoa muito tranquila, muito no meu canto, gosto de pessoas que levam a vida de forma tranquila, relaxada, que querem ser felizes e rir. Não consigo lidar com pessoas que não têm essa onda do humor e da vida. E também ainda não sei lidar bem com este "mediatismo". No outro dia, estava na rua e uma senhora veio ter comigo a dizer que me conhecia. E eu fiquei atrapalhada. Pensei, bem, tenho de começar a comportar-me um bocadinho melhor [risos]. Às vezes, para ir comprar qualquer coisa a correr, saio de pijama, saio despenteada... Os meus amigos acabam por ser também pessoas muito descontraídas, com quem me identifico. E já tenho muitos que são só meus amigos e outros que acabam por ser amigos do Luís porque me conheceram. Antes era ao contrário. E gosto disso.

...
Maria João Bastos, que participa na série 'País Irmão', é uma admiradora da coragem e exemplo de vida de Weza Silva.
...
Weza com a jornalista da CMTV, Andreia Vale, e Iva Domingues, de quem se tornou amiga ao chegar a Portugal.

Gostava de ter mais filhos ou agora não quer perder esse corpo que tanto trabalho lhe deu a conseguir?
Não é por aí. Os filhos são bem mais importantes que o corpo. Acho que até engordava outra vez, se tivesse de ser. Se bem que agora já tenho outra forma de olhar para a comida... Portanto, gostava de ter mais um. Detesto números pares, tenho dois filhos, por isso... Mas pelo Luís, não, ele não quer mais filhos. Mas eu adoro crianças, adoro bebés e a parte que mais gosto da minha vida é ser mãe, adoro estar com os miúdos e brincar com eles.



Styling: Pedro Leitão
Agradecimentos: restaurante Montes Claros 

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!

Mais Lidas

+ Lidas

Instagram

Instagram

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável