'
Paulo Abreu
Paulo Abreu O Tal Canal

Notícia

O "eu" perde sempre

Quando me perguntam como é que vai acabar esta guerra, eu respondo: “Se nada mudar na TVI, acaba com a equipa do ‘nós’ a vencer". Ou seja, a SIC.
30 de outubro de 2020 às 23:00
...
Cristina Ferreira, apresentadora, dia de cristina, tvi
1. Alguém imagina uma equipa de futebol que ambiciona ser campeã com um presidente que está à espera de ver o clube ser vendido, a qualquer momento? Alguém imagina uma equipa de futebol que ambiciona ser campeã quando o treinador só pode mexer na baliza e na defesa? Alguém imagina uma equipa de futebol que ambiciona ser campeã com um capitão que só conta com alguns jogadores para ir à guerra com os rivais? Ou com um capitão que é um craque no relvado, talvez o melhor de todos, mas que passa a vida toda, de manhã à noite, a falar no "eu" em vez do "nós"?

É verdade que essa equipa, apesar de todas as rachas que tem na sua estrutura – digna de um castelo de cartas –, pode bater os adversários mais diretos num jogo. Em dois, vá. Ou até em três. É verdade que essa equipa até pode fazer uma exibição de sonho numa semana e mostrar que tem condições para levantar o caneco no final da época. É verdade. Como também é verdade que essa equipa pode fazer golos fantásticos com a inspiração das suas vedetas, fazer vibrar a bancada e dar falsas esperanças aos adeptos.

Mas, honestamente, aqui entre nós: se não formos sonhadores, se tivermos os pés bem assentes na terra, alguém imagina que uma equipa de futebol num clube que se autoflagela, dia após dia, e que tem uma estrutura cheia de rachas pode ambicionar ser campeã? Claro que não. Até porque, do outro lado da barricada, onde tudo está longe de ser um mundo encantado, há um rival que dá mostras de respirar estabilidade e confiança. Possivelmente com craques menos mediáticos, mas com uma tática e um rumo claros.

E por isso, quando me perguntam como é que vai acabar esta guerra, eu respondo: "Se nada mudar na TVI, acaba com a equipa do ‘nós’ a vencer a do ‘eu’." Ou seja, a SIC. 

2. Conheço vários craques da televisão, que gostam de trabalhar em equipa, que são humildes e trabalhadores incansáveis, mas há um que me enche as medidas. Não é de agora, é de sempre: Fernando Mendes. O ator e apresentador de 'O Preço Certo' prefere elogiar os outros e desvalorizar o seu sucesso. E não, não está a ser hipócrita e cínico. Está, de facto, a ser genuíno.

Mais notícias de O Tal Canal

Marisa Liz: a alma daquilo tudo!

Marisa Liz: a alma daquilo tudo!

Ela chora, ri, canta, dança, motiva. Ela é a mãe daquelas crianças todas no ‘The Voice Kids’. É um espetáculo à parte. Assim fosse a informação da TVI…
As balas e a morte das estrelas da tarde

As balas e a morte das estrelas da tarde

Manuel Luís Goucha deu, em direto, 35 mil euros a um casal que perdeu tudo num incêndio. Júlia Pinheiro levou a estúdio o filho mais velho de Pedro Lima, João, para assumir que anda no psicólogo. A guerra está aí, num ano que ainda agora começou e já nos levou Carlos do Carmo.
Quem lhe põe travão?

Quem lhe põe travão?

"Não há ninguém em Queluz de Baixo que ponha travão a todas as ideias da patroa? ", pergunta Paulo Abreu.
"Qual ética, qual quê?"

"Qual ética, qual quê?"

Mais uma vez, não há responsáveis na TVI, ou na produtora, por comportamentos e ‘castings’ do piorio no ‘Big Brother’. Afinal, a ética não dá dinheiro, sucesso. E enquanto assim for, fecha-se os olhos, veste-se a pele de gente séria, chora-se em frente às câmaras, se for necessário, e aponta-se o dedo aos outros.
Eu gosto de ti… pai Tony

Eu gosto de ti… pai Tony

Da autoria de David Carreira e interpretada pelo próprio e pela irmã, Sara, ‘Gosto de Ti’ está na ‘playlist’ feita pela Isabel para ouvirmos no carro. A Leonor adora-a e canta-a do princípio ao fim, tal como a mãe. Resta-nos acreditar que os pais e os irmãos vão conseguir, um dia, voltar a sorrir.
Aí está ‘Bem Me Quer’!

Aí está ‘Bem Me Quer’!

Considerada como uma novela fraca, por alguns, a verdade é que a história de Kelly Bailey, José Condessa e Bárbara Branco, na TVI, está a crescer nas audiências. Como fim de ‘Nazaré’ e ‘Terra Brava’, na SIC, os números vão subir mais.