'

Notícia

Polémica

Depois da greve de fome, empresários da restauração são achincalhados

Empresários são atacados por exibirem vida de luxo: "Bandidos", dizem os críticos.
05 de dezembro de 2020 às 14:08
Assim vai o protesto dos 9 (+1) da restauração que estão em greve de fome
Alberto Cabral, João Albino, Emanuel Cabral, Zé Gouveia, Carlos Saraiva, João Sotto Mayor, Ricardo Tavares e Ljubomir Stanisic estão em greve de fome há seis dias em frente à Assembleia da República. Entretanto, mais um empresário, Christopher José, juntou-se na greve de fome, três dias depois
Empresários greve de fome
Empresários greve de fome
Empresários greve de fome
Empresários greve de fome
Empresários greve de fome
Empresários greve de fome
Empresários greve de fome
Empresários em greve de fome
Empresários greve de fome
Empresários greve de fome
Empresários greve de fome
Empresários greve de fome
Empresários greve de fome
Empresários greve de fome
Empresários greve de fome
Empresários greve de fome
Empresários em greve de fome
Continuam as críticas aos empresários da restauração que fizeram sete dias de greve de fome à frente da Assembleia da República. Agora são chamados de "bandidos".

A declaração é do antigo jornalista João Morgado Fernandes no Facebook na passada quinta-feira, dia 3. "Há pessoas que ainda não perceberam com o que estamos a lidar. Há os restaurantes, proprietários e funcionários, que enfrentam problemas, que tentam resolvê-los e que devemos ajudar. E depois há uns bandidos, cujo verdadeiro objetivo é subverter a democracia em que vivemos", escreveu.

As críticas aos empresários em greve de fome começaram depois da divulgação de fotografias de Alberto Cabral, João Sotto-Mayor e João Almeida em carros de luxo e, no caso de um deles, num iate.

"Vai trabalhar. Vocês querem o dinheiro a fundo perdido, mas é para ir para o vosso bolso!", critica um seguidor no Instagram. 

"Vendeste o teu iate para financiar essa árvore [de Natal]? Ou abdicaste só do spotzinho [lugarzinho] ali na marina de Belém?", questiona um seguidor de João Almeida no Instagram, ao que outro responde indignado. "Que comentário triste. Então agora ele só pode manifestar o seu descontentamento pelo que o governo está a fazer se perder todos os bens que conquistou com o seu esforço de trabalho durante anos? Perdoai-lhe senhor que ele não sabe o que diz".

Em protesto durante sete dias estavam nove empresários: Alberto Cabral, João Albino, Emanuel Cabral, Zé Gouveia, Carlos Saraiva, João Sotto Mayor, Ricardo Tavares, Ljubomir Stanisic e Rafaela Santos. Houve um 10.º manifestante que fez quatro dias de greve de fome. Christopher José fez uma visita ao grupo no domingo e decidiu juntar-se ao protesto.

A carregar o vídeo ...
Em greve de fome há 7 dias, o chef jugoslavo teve de ser assistido mas já regressou a São Bento para continuar o protesto contra as medidas do governo que afetam a restauração.

Vai gostar de

você vai gostar de...

Mais Lidas

+ Lidas

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diariamente todas as noticias de forma confortável
Subscrever